Translate

Pesquisar este blog

sábado, 5 de abril de 2014

FOSSAS NASAIS - CORIZA

PRIMEIRO CONTATO ENTRE O EXTERNO E O INTERNO
HABILIDADE PARA LIDAR COM OS PALPITES E SUGESTÕES DOS OUTROS


As fossas nasais comunicam-se com o meio externo pelos orifícios das narinas. São responsáveis por preparar o ar para penetrar no interior do aparelho respiratório, iniciando o processo de filtragem, o aquecimento e a umidificação do ar inspirado. Em virtude desse processo, não há choque térmico entre a temperatura do ambiente e do interior do corpo.

Na visão metafísica, o ar está relacionado com as idéias a respeito de uma situação, aquilo que pensamos ou achamos acerca das coisas que estão ao redor. Refere-se às conjecturas que formulamos sobre os fatos.
Quando estamos diante de um acontecimento, tiramos nossas conclusões, e, muitas vezes, essas deduções nos deixam tão apavorados que mal conseguimos lidar com os acontecimentos. Ao adotar uma óptica pessimista, fica difícil encarar a realidade.

O que pensamos acerca dos acontecimentos e a maneira como acatamos os comentários influenciam o funcionamento das fossas nasais. O autoconhecimento e o respeito próprio são fatores primordiais para o equilíbrio entre o mundo interno e o meio externo, mantêm saudável a região nasal e melhoram a relação com a vida e as pessoas ao redor.

No tocante à respiração, podemos dizer que as fossas nasais são o primeiro contato do exterior com o interior. A função fisiológica de iniciar o processo de filtragem do ar correlaciona-se metafisicamente com o preparo da pessoa para lidar com as idéias e suposições acerca de algo. Sua habilidade em absorver o novo e lidar com os palpites e sugestões mantém saudável essa parte do corpo.

Em oposição, você se sentir agredido, abalado ou preocupado em relação às opiniões dos outros acerca da vida, do futuro ou de si mesmo torna-o vulnerável às complicações nasais. Não admitir certas coisas, mas também não se desligar delas, deixa-o incomodado, é como se aquilo ficasse "registrado" na região nasal, causando uma espécie de congestionamento de idéias. O negativismo acerca da atmosfera à sua volta é o grande vilão dos problemas das fossas nasais.

Antes de compreendermos os principais problemas que afetam as fossas nasais, vamos conhecer os sintomas mais comuns que elas apresentam. Geralmente essas condições estão associadas a algumas doenças. Convém fazer as associações entre elas para compreender melhor as causas metafísicas que as afetam. Com essa consciência você poderá a qualquer momento reverter seu quadro de saúde, bastando se reposicionar interiormente.

O muco ou catarro armazenado nas fossas nasais provoca a congestão nasal ou, como é conhecida popularmente, "nariz entupido". Esse quadro físico é decorrente do conflito entre o que você sente e o que os outros falam, ou, ainda, por deparar com fatos contrários às expectativas. Se você não estiver seguro naquilo que sente, qualquer coisa o abala, pois, se estivesse, nada que viria de fora o afetaria, por mais que se contrapusesse a você. Se afeta, é porque não há solidez interior. Essa fragilidade dificulta a absorção de elementos externos, gerando conflitos por você não saber lidar com o negativismo do ambiente nem com os palpites dos outros.

Coriza é um nome pouco usado para o sintoma de resfriado comum. Caracteriza-se pelo aumento na produção de catarro provocado pela inflamação nasal. Geralmente aparece como sintoma da gripe. Interiormente é o momento em que você está se preparando para eliminar os conflitos que vêm assediando sua relação com o ambiente.

A produção de muco nas fossas nasais é um mecanismo de proteção da mucosa afetada. Analogamente a isso, você está buscando se proteger para não ser afetado pelas possibilidades negativas da situação.
O canal lacrimal tem ligação com as fossas nasais. As-. sim, a maior parte do líquido do corrimento nasal é proveniente das glândulas lacrimais, tanto que, ao chorar, o nariz escorre. Pois bem, esse sintoma demonstra um choro reprimido.

A leitura metafísica do choro é o desprendimento. Nesse caso, pode-se dizer que você está eliminando a confusão interior ou aquilo que o está incomodando. Quem não se permite chorar vai acumulando emoções que podem se manifestar por meio das vias nasais em forma de coriza.

Metafísica da Saúde Vol. 1

9 comentários:

  1. Concordo com tudo! Realmente após uma colega de trabalho ter tecido um comentário que me desagradou, iniciei um processo de congestão nasal agudo, ficando com dor de garganta, rouquidão logo sem voz, e descarga nasal com coriza e muco!Acredito que estou eliminando aquilo que me irritou e de certa forma maneira até magoou...
    Simone

    ResponderExcluir
  2. Também percebi total coerência nesse texto.
    Após ter uma expectativa frustrada e ainda ser magoada e ofendida. Quase imediatamente iniciei.uma.congestão nasal aguda. E posteriormente notei que meu pensamento automático além de ser negativo foi reprimido por mim mesma.
    Ao ir esclarecendo meus.pensamentos fui melhorando sem auxilio dd remédios.

    ResponderExcluir
  3. Estou passando por crises e crises de coriza ...ou relutando em chorar devido a tristeza em decorrência de tanta ingratidão
    !!!

    ResponderExcluir
  4. É uma tarefa dificil manter, mais temos que ser fortes

    ResponderExcluir
  5. Pensei ser sinusite tomei remedio a doidado e nao era snusite e sim senaoamor ou seja o desamor tambem tem preço

    ResponderExcluir
  6. Pensei ser sinusite tomei remedio a doidado e nao era snusite e sim senaoamor ou seja o desamor tambem tem preço

    ResponderExcluir