Translate

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 29 de dezembro de 2013

AFASTE-SE DE PESSOAS QUE LHE FAZEM SENTIR-SE MAL




De fato estamos cercados de pessoas tóxicas.
Pessoas que são egocêntricas, manipuladoras, interesseiras, arrogantes, rancorosas, amarguradas, mal amadas, invejosas ou fracassadas, que não conseguem ver o sucesso ou a felicidade alheia. Enfim, pessoas sombrias que minam os relacionamentos e amizades com intrigas, críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ou físicos. Pessoas muito perigosas de se conviver.
Essas pessoas tóxicas acabam, de alguma forma, nos envenenando. Direta ou indiretamente, acabamos agindo por influência delas, seja com atitudes ou omissões. Muitas vezes acabamos agindo por impulso para evitar essas pessoas, ou, na pior das hipóteses, acabamos agindo da mesma forma. São pessoas nocivas, intoxicando nosso comportamento e nos levando a agir e a tomar decisões que, em outras circunstâncias poderiam ser completamente diferentes.
São tóxicas, porque conseguem despertar o que há de pior dentro de nós, não apenas no sentido de maldade ou crueldade, mas no sentido de perdermos a identidade, a autonomia, a energia, a iniciativa e o poder de decisão. Ficamos estagnados, hipnotizados, paralisados. São verdadeiros vampiros, sem Luz própria, que consomem nossa energia vital, que exploram e manipulam pessoas de acordo com os seus interesses e vivem às custas da energia dos outros para se sustentarem.
Tóxicas são aquelas pessoas que sabem tudo a respeito da vida das outras pessoas, mas não conseguem administrar a própria vida. Sabem dar conselhos como ninguém tem um discurso lindíssimo para o mundo lá fora, mas que, na vida pessoal, nos bastidores, na vida íntima, são pessoas frustradas, isoladas, verdadeiras ilhas no meio da sociedade, que não tomam para si os próprios conselhos.
Sabem olhar de fora, apontar defeitos, problemas, erros. Mas não sabem participar, não conseguem enxergar os próprios problemas ou defeitos. Apontam os erros alheios para, de certa forma, esconder os seus próprios. São os “sabe-tudo” e só a sua forma de pensar é que está certa. Não suportam ser contrariados e confrontados. Quando o são, perseguem a pessoa até “livrarem-se” dela ou então se vingam. Seu ego é superlativo para compensar a sua extrema falta de Amor-Próprio. Usam as pessoas conforme seus interesses e, quando estas discordam de suas ideias, são descartadas e eliminadas, sem a menor consideração.
A toxicidade reside exatamente no fato de não nos darmos conta de que estamos sendo manipulados ou influenciados. Ficamos hipnotizados, fascinados, imersos numa imensa ilusão, até o dia em que despertamos e tomamos consciência de que estamos muito mal, morrendo por dentro, e que algo urgente necessita ser feito. Um corte para a nossa libertação, para resgatar a nossa sanidade, saúde, alegria de viver.
Em nossa busca pela felicidade, por tudo aquilo que nos traz bem-estar e alegria, o grande segredo é não se deixar influenciar, se afastar e evitar a convivência com esses tipos. Isso não significa alimentar sentimentos negativos dentro de si com relação a eles, mas de preferência visualizá-los felizes e agradecidos em sua vida, emanando energias e vibrações positivas.
Reflita, você convive intimamente com alguma pessoa tóxica, seja na família, no trabalho, ou nas “amizades”?
Tenha cuidado, afaste-se, fique longe o quanto antes dessas pessoas.
Cuide-se, preserve-se, seja você mesmo, seja pleno e feliz.
E acima de tudo sempre perdoe essas pessoas, muitas vezes, elas não tem consciência de seus próprios malefícios.


Texto retirado do site:  http://universonatural.wordpress.com/2013/05/24/voce-convive-intimamente-com-alguma-pessoa-toxica/


Leia também o tópico: Pessoas insuportáveis e pessoas insuperáveis

Este tópico é bem legal para a gente aprender a lidar com pessoas que nos enfraquece:  Aceitação


Minha opinião pessoal:

Minha intenção nesse Blog é de colocar como nossas atitudes e certos padrões de comportamentos afetam nossa saúde física e emocional, mas para ter uma saúde equilibrada, muitas vezes, não depende só da gente, pois vivemos cercados de pessoas com suas variadas complexidades.
Quando percebemos que mantemos ao nosso lado pessoas e relacionamentos que não valem a pena, que esgotam nossa energia e nos fazem sentir mal... (Creio que a a maioria das pessoas tem esse tipo de pessoa próxima por causa dos laços de família), muitas vezes isso acontece porque permitimos, nem sempre somos vítimas desse tipo de pessoas, nós é que damos abertura a elas, damos o poder a elas para nos manipular, talvez por medo de não sermos aceitos, ou querer aprovação, por carência, por estar com auto-estima lá chão e por aí vai.

Resolvi escrever minha opinião aqui no tópico depois de ler  muitos comentários dizendo que é egoísmo e não devemos nos afastar de pessoas que precisam de ajuda, que Jesus ensinou isso ou aquilo, mas esquecem que Jesus também ensinou: "Ame o próximo como a ti mesmo". Como amarei o próximo se não me respeito, se não me amo e não busco o que imagino que seja o melhor para mim?
Eis a questão: Quem é mais importante? Você ou o outro? Eu respondo que EU sou mais importante, pois se eu não estiver bem e  equilibrada nenhum tipo de relação vai agregar coisas boas em minha vida e não saberei amar e respeitar quem estiver ao meu lado... E se para EU ficar bem for preciso me afastar de pessoas que me desvalorizam ou querem me manipular de alguma maneira, que me criticam apontando o dedo potencializando meus defeitos  enchendo-me de frustrações, então eu prefiro me afastar sem culpas e  remorsos... Ninguém muda ninguém, o que podemos e devemos fazer é mudar a nós mesmos. Cuidar da auto-estima para conquistar imunidade emocional, buscar companhia de pessoas nutritivas que irão agregar em nossas experiências de vida... Mas é preciso saber identificar relações saudáveis com problemas normais que nos ensinam a lidar com as diferenças de relações tóxicas.

Tantos problemas de saúde surgem por não conseguirmos equilibrar nossas emoções, segundo a metafísica da saúde todos os desequilíbrios em nosso corpo surgem de um desequilíbrio emocional. Vou citar alguns exemplos:

Metafisicamente, o útero é afetado quando a mulher se distancia das suas características básicas, assumindo posturas de vida que não correspondem a sua maneira de ser. Geralmente isso ocorre por ter sido muito criticada ou, ainda, por ter tido os piores resultados ao agir de acordo com seus princípios. Quando a mulher perde sua originalidade, espontaneidade para agradar aqueles com quem convive, ela pode ter sérios problemas no útero. 
Leia mais sobre útero: Problemas no útero

A inflamação dos brônquios revela um estado emocional de desconforto e irritabilidade acerca do que se passa ao redor. Essa condição é desencadeada pela falta de habilidade em lidar com os fatores internos frente às situações.
Quem tem seus brônquios inflamados geralmente vive num ambiente tumultuado, com atritos e discussões, ou num silêncio demasiado, em que não há diálogo entre as pessoas. Ambos os casos podem causar medo de se expressar e ser tratado com estupidez ou com indiferença. Em virtude disso, algumas pessoas afetadas pela bronquite preferem se isolar e permanecer caladas; outras recorrem ao exibicionismo para chamar a atenção; existem, ainda, aquelas que se revoltam e se tornam rebeldes. Leia Mais em : Bronquite

Conviver com pessoas muito críticas e que não te dá oportunidade de se expressar, de ser  voce mesmo, e não respeitam suas idéias pode gerar problemas na garganta. De modo geral a DOR NA GARGANTA, segundo a metafísica da saúde representa dificuldade de se expor, e profundos aborrecimentos em relação à sua própria conduta. A frustração de não conseguir falar o que sente ou de não fazer o que sabe afeta as emoções, disparando o “gatilho somático” que atinge diretamente a garganta.  Leia mais em: Dor de garganta

Quando a febre surge, no âmbito metafísico esse padrão refere-se a um estado de profunda irritação contida.

A gastrite refere-se metafisicamente a irritação com o que se passa ao redor. Preocupação excessiva com os episódios que estão a nossa volta.

Na fibromialgia, a pessoa sente-se extremamente arrependida por ter sido omissa nas situações passadas, vítima da falta de apoio e de consideração dos outros.
Foi displicente com as necessidades próprias para atender às solicitações alheias; arrepende-se por ter feito para os outros aquilo que deveria ter feito para si mesma. Leia mais sobre fibromialgia nesse tópico: Fibromialgia

A pressão baixa é caracterizada pelo comportamento de fugir dos acontecimentos, inconscientizando as situações conflitantes. As pessoas afetadas pela pressão baixa, sempre que se deparam com episódios difíceis negam-se a enfrentá-los, querem esquecer que estão passando por tais problemas. 

Esses são apenas alguns exemplos de como nosso desequilíbrio emocional afeta nossa saúde, e como sabemos que ninguém vive sozinho, precisamos nos dedicar mais às pessoas que respeitam e aceitam sem críticas o que temos de melhor a oferecer e que também nos dão o seu melhor, não precisa ser perfeito porque ninguém é, mas é preciso respeito mútuo.

Foi por causa desses conceitos  psicossomáticos, e claro, por experiência própria de conviver  com pessoas autoritárias e manipuladoras  que eu acho  imprescindível nos afastar de pessoas que nos sugam, que nos criticam o tempo todo  causando-nos insegurança e medo de nos expressar, pessoas que se acham donas da verdade,  que não conseguem te ver bem que já encontra um jeito de tentar te por para baixo, pessoas que menosprezam suas idéias e seus ideais, que manipulam e tentam de todo jeito te tirar a  liberdade de ser quem você realmente é.

Márcia 



Como conseguir viver bem ao lado de pessoas com características “tóxicas“?

1) NÃO TENTE MUDAR A PESSOA = Isso é um pouco decepcionante, pois, na prática, é difícil não tentar mudá-la. Ainda mais se gostamos e queremos o bem da pessoa. Ocorre que é preciso levar em conta que ninguém muda pelo outro. Só mudamos porque queremos mudar e, mesmo assim, é um processo difícil e demorado.

2) AJUSTE AS SUAS EXPECTATIVAS SOBRE A RELAÇÃO = Não espere valorização ou algum tipo de reconhecimento por algo que você fez para a pessoa. Pessoas difíceis são inseguras e com baixa auto-estima, apesar de, muitas vezes, apresentarem uma fachada que mostra exatamente o contrário. Geralmente, sabem tudo sobre a vida alheia, mas não conseguem enxergar a si mesmas. Costumam falar: “Eu não tenho problemas” ou “É você que está com problema”. Portanto, se essas pessoas não conseguem reconhecer o próprio valor, imagine ver o valor dos outros!

3) CUIDE DE SUA AUTO-ESTIMA = Essas pessoas sempre tentarão abalar o que você pensa sobre si mesmo. Potencializam os seus pontos fracos e o enchem de culpa e frustrações. Portanto, cuide de sua auto-estima para conquistar uma imunidade emocional cada vez mais forte e, consequentemente, conseguir se desviar de qualquer  “ataque tóxico” da  pessoa.

Portanto, é possível se proteger da “toxicidade” dessas pessoas e não deixar sua vida ser dominada por elas. Não se desgaste emocionalmente tentando mudar a pessoa. Aproveite para usar essa energia para si mesmo. Invista na construção de uma auto-estima à prova de balas e, consequentemente, viva com menos estresse e mais felicidade ao lado de qualquer pessoa saudável ou “tóxica”.

Livro:
Stamateas, Bernardo. “Gente Tóxica: Como lidar com Pessoas Difíceis e não ser dominado por elas”. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2009.



277 comentários:

  1. As energias de uma pessoa de nosso convívio, são emanadas no ambiente e em algum grau, acabam influenciando alguma reação nossa. Ou tentando nos contaminar com sua toxidade, ou nos purificar com seu poder terapêutico. Sendo assim, temos a possibilidade de escolher com qual tipo de energia queremos conviver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, Jesus de Nazaré ia de encontro com, enfermos, leprosos, cegos, mudos, gagos, doentes, paralítico, possessos, mortos enfim, aparentemente e espiritualmente parecem fazer-nos mal por "serem" 'sem luz ou sugadores de energia' como esta dizendo no post, o grande segredo acredito que NÃO seja NÃO se deixar influenciar, se afastar e evitar a convivência com esses tipos, Mas cabe sim a nós deixarmos de ser egoístas, levarmos até eles uma luz que incessante que não ofusca, que não diminui, que produz frutos eternos e verdadeira alegria e sentido nessa vida, é a única forma de esperança nesse mundo egoísta, levar a eles com seu jeito de viver e amar o grande mistério que nos mostrou o verdadeiro amor e que com o seu amor tudo renovou e se renova e que todos nós temos um único sentido nessa vida, amar a Deus sobre todas as coisas e amar uns aos outros como ele nos amou e nos ama, temos que ser como o Sol, que leva a todo canto do mundo a sua luz, essa luz divina, que nos faz enxergar as maravilhas de Deus e condições de viver, condições de conhecer a Deus e o seu amor, e de que forma melhor de conhecer a Deus do que simplesmente amar e levar a todos, essa alegria deste amor e sentir esse amor renovando tudo, bem, este seria o desafio de fato!! Deus nos abençoe. Abraço.

      Excluir
    2. Amigo e irmão Heros, cuidado. Jesus falou muitas coisas e temos que ter sabedoria para entender o que Ele pede. Por exemplo: está na Palavra de Deus que não devemos nos sentar na roda dos escarnecedores. Viver junto com o mal, é buscar o mal para si. Pessoas que precisam de ajuda devem sim ser ajudadas, mas, tem pessoas que você precisa se afastar. Jesus virou as mesas, expulsou todo mundo do templo e chamou os fariseus de hipócritas. Ele é a Sabedoria e nós precisamos aprender com Ele, onde, quando e com quem. Respirar veneno, mata. Acho que foi isso que este blog quis dizer.
      Laura

      Excluir
    3. Estou impressionada como ainda temos pessoas sábias e amáveis na terra, entendi o objetivo do post e ainda mais o que quiseram dizer Heros Dellavega e MARIA LAURA RIBEIRO DA COSTA SOARES, se complementam, muito obrigada pelos esclarecimentos, pois me ajudou muito. Quando se trabalha num mercado mais que competitivo é normal conviver com pessoas assim, a sabedoria é saber distinguir e muitas vezes não podemos escolher nos afastar, a inteligência de Cristo faz toda a diferença! Beijo a todos!

      Excluir
    4. Maria Laura, sua resposta foi perfeita... exatamente isso que eu entendi do texto... Não precisamos e nem somos obrigados a conviver com pessoas que nos fazem sentir mal, Cabe a cada um refletir, analisar as possibilidades de se afastar, nem sempre será possível, então nesse caso, podemos procurar esclarecimento para nos proteger de pessoas que nos sugam a energia... Eu entendo que na maioria das vezes somos nós que atraímos por sintonia ou aprendizado, ninguém é vítima de nada... penso que qdo queremos nos afastar estamos repelindo essa energia pq não nos supre em nada, pelo contrário, nos suga... O afastamento é uma forma de proteção e desaprovação de determinados comportamentos. Ninguém muda ninguém a menos que a pessoa queira mudar... Não estamos aqui para mudar ninguém... cada um é que precisa buscar conhecimento e autoconhecimento (principalmente) porque cada um tem o direito de escolher o que quer para sua vida

      Excluir
    5. É só cada um viver a sua vida.

      Excluir
    6. resposta da maria laura perfeita!

      Excluir
    7. Heros e Maria Laura se completaram em suas resposta. Sim temos que levar a luz onde haja escuridão, mas sem duvida temos que tomar muito cuidado para não nos desgastarmos e prejudicar nossos passos futuros. Temos que ser tolerantes sem egoísmos e ajudar o próximo a evoluir também, mas tem limite para tudo e devemos sair de cena quando a nossa parte já estiver concluída sem exaustidão. Há quem precise de muita ajuda e pede por isso, então devemos nos preservar também para estarmos hábeis a ajudar a todos não somente um ou dois que nos sugam até a ultima gota. O amor deve ser e é infinito, mas pra certas doenças, o medicamento tem que ser em doses homeopáticas. Paz e amor à todos! Ricardo.

      Excluir
    8. Olá, meu nome é kaleb. Bom, Jesus viu potencial em alguns e foi atrás, já os que precisavam de ajuda ia até Ele. Deus nos deu o livre arbítrio para que desfrutemos da consequência de nossas escolhas, não adianta pisar em um prego e querer que não fure o pé. Devemos sempre ajudar ,porém somente quando nos couber, afinal Jesus também ensina que devemos amar ao próximo como a nós mesmos, então entende-se que primeiramente temos que nos amar, e então saberemos "como" amar ao próximo.

      Excluir
    9. Nada melhor pra exemplificar as pessoas tóxicas do que a passagem dos 40 dias e 40 noites no deserto, quando O Cristo foi tentado a fazer aquilo que ele poderia fazer, mas não por vontade própria, mas por vontade alheia. Ele já tinha feito isso antes, lembremos a passagem das Bodas, onde transformou, a pedido de sua Mãe, água em vinho, entretanto talvez preparado, talvez sabendo do que lhe aguardava, Ele renegou todas as "facilidades e desafios" e por fim foi purificado pela presença do Espírito Santo! Linda história. Um exemplo de vida realmente!

      Excluir
    10. Conceito semelhante ao exposto neste artigo foi publicado no livro ENERGIA VITAL - Fundamentos das Interações Energéticas Humanas (CEPEC - Centro de Pesquisas da Evolução da Consciência). Publicação de 2003. www.cepec.org.br

      Excluir
    11. Isto tem um nome, é a doença silenciosa do século, chama-se NARCISISMO.

      Excluir
    12. E se essa pessoa for seu pai? Sua mãe? Seu marido?

      Excluir
  2. Muito bom este post!! Já convivi com pessoas Tóxicas, consegui me afastar a tempo de não cometer injustiças por influência dessas pessoas!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, o interessante é que pessoas tóxicas fazem mal de verdade, além de sugarem energias, acabam de alguma forma sendo caminhos para desenvolver patologias psicológicas, energéticas e por fim físicas em quem está próximo .

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Por causa de pessoas assim, quase me tronei uma pessoa ruim. Eu queria enfrentar todas estas pessoas, e acabei tentando ser uma pessoa cheia de ódio delas, e com muita raiva. No fim, eu tinha tanto ódio, que poderia acabar com qualquer uma delas facilmente, pois além de ódio eu treinava até fisicamente para isso.

    Mas eu consegui começar a perceber isso, e tentei parar. Mas agora estou perto de uma pessoa tóxica novamente. Uma amiga que diz que gosta de mim, me trata bem, mas depois some, e sempre me trata como opção, se me dar valor algum. Se me afasto, ele me procura.

    Eu estava começando a odiá-la, por algo que me fez, mas com esse texto, vou tentar ser uma pessoa boa, e perdoá-la, sem ter ódio, e me afastar e tentar ser uma pessoa feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Big, vc já encontrou a saída... quando convivemos com pessoas difíceis, dependentes, críticas, controladoras precisamos mesmo é não dar o poder a elas nos ofenderem... Qdo nos ofendemos por algum comportamento de pessoas próximas a nós estamos autorizando que elas nos suguem e nos façam de gato e sapato.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Sim. Hoje eu fiz uma prova e tirei uma nota baixa. Contei a um "amigo" que tirou nota boa, e na mesma hora ele começou a rir no telefone! Eu perguntei porque ele tava rindo, e ele disse: Você não falou que nem se importava com a nota, e nem estudou?

      Incrível. Como uma pessoa que se considera meu amigo, ri e se diverte, do meu fracasso? Eu na mesma hora, enquanto ele ainda ria, apenas disse: Sabia que isso que você tem, pessoas que riem assim dessa maneira tem uma doença?

      Ele perguntou que doença. Aí eu disse que não era uma doença. Mas que eu havia lido um texto sobre isso. Na verdade, quando li esse texto, me lembrei dele, com as palavras: "arrogante" e "críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ".

      Depois ele me pediu desculpas, e eu muito sério disse: Tudo bem. Eu estou acostumado a te tolerar já tem muito tempo.

      A verdade é que ele fez coisas boas por mim já - saiu da casa dele de manhã, e veio aqui uma hora antes do combinado, quando eu precisava sair, e minha avó estava doente, e ele veio cuidar dela. No entanto, assim como essa garota que se dizia minha amiga, tem pessoas que até te ajudam, mas possuem um caráter tão ruim - por exemplo, debochadas, frias, não se importam com o que você sente -, que dá vontade de afastar-se delas, mesmo que nos ajudem com algo. Porque elas possuem uma maldade natural.

      Excluir
    4. Muito bom esse texto, uma verdade, eu tive oportunidade de vivenciar um convívio com uma pessoa tóxica e é exatamente assim. Tira toda nossa energia e ainda banca de vítima.

      Excluir
    5. Já convivi com pessoas tóxicas... E é incrível como conseguem sugar toda nossa energia, e nos deixando muito mal e o pior, ainda se fazem de vítima... Mas graças a Deus consegui me afastar a tempo para não cometer injustiças...

      Excluir
    6. Essas que sabem articular, manipular as pessoas contra você, que faz de tudo para lhe prejudicar, arma situações, sempre em em todo o momento quer ser melhor que todos, tem amigos, sabe de algo e conta pra todo mundo e ainda sai se fazendo de vítima da situação "COITADINHA" que nunca faz nada com ninguém e ainda por cima faz com que realmente as pessoas acreditem quem são, são as piooooooooooooooores. Todo o cuidado é pouco!

      Excluir
    7. convivo diariamente com uma pessoa assim, suga o nosso psicologico, tenho vontade de tentar contra minha vida, viro um lixo, fico assim por 2 ou 3 dias..sorte que faco muita prece.e aos poucos tudo volta ao normal..até a próxima vez..geralmente acontece toda semana....

      Excluir
    8. Somente entregue nas mãos de Deus ele sabe o que fazer não se preocupe somente espére que tudo será solucionado mas não deixe de pedir todos os dias para Deus tomar uma providência, experiência própria no meu caso Deus tomou a decisão ele sempre tem a melhor maneira de resolver.

      Excluir
    9. Minha mãe era assim. Exatamente assim. Depois de muito tempo sofrendo pela convivência, desenvolvi uma doença no intestino onde todos os médicos especialistas que fui disseram que era por problemas emocionais (psicológicos) fortes que tinha vivido. Engoli muitas coisas, sem poder falar ou mesmo questionar....engoli problemas e consequência disso engoli uma doença que parou no intestino. Hoje consegui me afastar dela e só assim consegui viver bem.
      Não é porque é mãe que todas são boas. Esse ditado que mãe é mãe, não serve para qualquer pessoa. A perdoei, mas não quero nenhum convívio com ela. Assim, foi melhor.
      Precisei olhar para dentro de mim para depois conseguir ser feliz.....
      Hoje sou a pessoa mais feliz desse mundo, mesmo tendo que me tratar da doença todos os dias, mas hoje ninguém suga mais meu psicológico...minhas energias...

      Excluir
    10. É. Sei bem o que é passar por isso. Nossa! Minha mãe me fez tanto mal que as vezes nem consigo acreditar que passei por tudo isso. Difícil perdoar, esquecer, não ter raiva. Me afastei por que percebi que EU tenho que me respeitar antes de qualquer outra pessoa.

      Excluir
  6. E quando esse caso se aplica a pessoas tão próximas, como a mãe? Como proceder? Distanciamento também? Complicado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Castro, penso que mesmo no caso de um familiar muito próximo como a mãe, pai, irmãos,etc. , se o laço laço familiar não permite um corte 100% fale e conviva apenas o necessário sem remorsos. Na verdade o afastamento será benéfico para ambas as partes, na medida em que os controladores não podem te controlar mais, você acaba promovendo um corte emocional, e se vc se coloca, assumindo o poder de sua vida , não dará oportunidades para que pessoas assim suguem sua energia.

      Excluir
    2. Desde que nasci tive problemas emocionais perturbadores que ao longo da minha vida foram despertando nos meus gens todas as patologias genéticas dos meus ancestrais. Depois de muitos anos vim descobrir isso, mas já estava tarde e tudo começou na minha mãe que "vampirizou e minou minhas energias" até o dia da sua passagem. Pior de tudo que quando eu era moça tinha maior capacidade para perdoar e relevar tudo isso. Mas hoje, cansei, não quero perdoar mais ninguem, pois sempre fui rejeitada pela familia inteira e todos eles precisaram de mim até o seu fim.

      Excluir
    3. Respondendo a pergunta da Maria Castro: sim, é muito complicado. Mas é uma escolha que é necessária: ou você ou a sua saúde. Me afastei completamente da minha mãe há cerca de 1 ano. Ela deixava até meu cachorro doente quando vinha em casa, só reclamava, só xingava, só criticava. Desde pequena eu e minha irmã fomos tratadas dessa forma pela minha mãe mas só descobrimos que ela é doente há poucos anos. Não quer se tratar e é verbalmente agressiva.
      Ela resmunga o dia inteiro, quando dá chilique grita com toda a sua voz e a gente passa a maior vergonha. Não importa a hora do dia ou da noite.
      Tentei suicídio aos 15 anos, sai de casa aos 18, sai do país aos 20, aos 38 anos tive uma crise nervosa, queria matar minha mãe, mas acabei tomando vários comprimidos para dormir e esquecer tudo, foi uma nova tentativa de suicídio...de lá pra cá minha vida mudou muito. Tomo medicamentos para controlar minha depressão, meu humor pois sou bipolar e faço terapia.
      Decidi me afastar da minha mãe pois ao lado dela eu fico muito doente e isso me afeta muito psicologicamente.
      Faz 1 ano que estou realmente feliz, longe dela e dos problemas e energias negras que a cercam.
      A energia é tão forte que nenhum terapeuta holístico consegue limpar.

      Excluir
    4. Oi Marilena querida, sei como é isso, mas, vc vai ficar melhor se perdoar. E depois, se afaste e procure pessoas pra cima, que lhe deem alegria. Se você começar a pensar e viver em você só coisas boas, tudo vai mudar pra vc. E ao chegar a um lugar onde lhe rejeitam, levante a cabeça e entre já vitoriosa e feliz. Bjs de uma amiga virtual

      Excluir
    5. Há alguns meses atrás enfrentei uma situação desta, sou temente a Deus,mas experimentei na integra o que são essas pessoas, você é sequestrado, e após um tempo você~e passa a aceitar tudo o que ele te fala. Sua auto estima vai lá em baixo. portanto como Jesus nos ensinou Orai e vigiai em todos os momentos.
      infelizmente em nossa família também encontramos,mas quando se fala em Pai e Mãe é necessário fazermos um balanço e rever como lidar com a dificuldade do outro pedindo a deus por esta pessoa. Afinal não vamos nos esquecer do perdão. Perdoar não é tolerar o erro do outro,mas não deixar com que este erro domine seu coração através da raiva e magoas, que é o próprio veneno . Parabéns pelo seu texto !!!

      Excluir
    6. Oi Maria Castro, vou relatar uma coisa que aconteceu comigo, espero ajudar um pouco...Bom 2009 e 2010 foram anos terríveis para mim, não ´pelo meu marido que é um apessoa ótima na minha vida vida e sim pelo meu pai e minha irmã, meu pai sempre dava razão para minha irmã, tudo era dela, ela vazia tudo melhor, ele acreditava em tudo que ela falava, fazia tanto mal para todos na casa, tanta intriga, inferno, enfim...Eu era muito deixada de lado por ele, mas sempre meu pai acabava precisando de mim e vinha falar comigo como se nada tivesse acontecido, eu odiava essa situação, tinha vontade de dizer toda a verdade na cara dele, mas ficava calada, isso tudo me levou a ficar doente e triste...Bom, decidi me afastar viver na minha casa com meu marido, meu marido e alguns amigos e amigas que vinham me visitar é que foram meu grandes amigos. Dei um gelo em todos da família e um dia minha irmã brigou com o meu pai foi embora,da casa dele com o marido dela, passou 2 anos longe dele e de nós, afastou a neta que ele criou e ainda por cima saiu falando muito mal dele pra toda família, como ela é uma pessoa tóxica tipo nojentinha mesmo, manipulava as pessoas a favor dela e todos acreditavam na versão dela...Meu pai ficou triste e sozinho e eu que o apoiei, mas tem uma coisa, vez ou outra abria o jogo e falava toda a verdade do que ele tinha feito comigo, ele reclamava muito de qualquer coisa e eu falei: Ou você muda ou vai ficar sozinho por que ninguém aguenta ficar perto de uma pessoas assim. Hoje ele mudou o jeito de ser, pra não ficar só que eu acho que é o maior medo dele, parou de reclamar das coisas e vivemos bem. Minha irmã voltou a nos visitar perdoamos e hoje está tudo bem. Não sou muito do perdão, mas perdoei, só não tolero certas coisas, não confio mais como confiava antes. E assim vamos vivendo...

      Excluir
    7. Me identifiquei com a resposta de Cristina Yuri Sugayama. No caso da minha mãe, que tinha atitudes e falas muito violentas conosco e se recusava a fazer qquer acompanhamento médico, descobrimos há bem pouco tempo (e meio tarde, já q as feridas abertas no relacionamento com ela já estavam todas muito profundas) que é portadora de uma doença genética: Doença (ou Coreia) de Huntington. Se interessar saber mais, acessem: www.abh.org.br

      Excluir
    8. Leia esse texto sobre aceitação, é uma boa dica qdo não é possível se afastar.

      http://causaemocional.blogspot.com.br/2014/02/aceitacao.html

      Excluir
  7. Então e o que fazer se nós tivermos consciência de que somos uma pessoa tóxica?, ou seja, se estivermos tristes e infelizes isso faz de nós uma pessoa tóxica?
    Este texto parece-me demasiado redutor e perigoso porque todos nós nos sentimos mal uma ou outra vez da nossa vida e nessas alturas precisamos de apoio, não que nos digam que "não prestamos" ou que "somos tóxicos" e a nossa presença é nociva à alegria dos outros.
    Esta visão retrógrada do BEM e do MAL, do PRETO e do BRANCO é ela sim bastante TÓXICA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marques, eu concordo com vc, todos nós temos fases emocionais em que nos sentimos tristes, sozinhos, carentes e etc., o importante é ter consciência desse comportamento emocional e buscar ajuda para nos equilibrarmos e nos tornarmos pessoas agradáveis de se conviver... Se vc se questionou sobre ser tóxico ou não eu acredito que vc nem se encaixe nesse padrão de comportamento. Se cuide, se valorize, tristeza é normal mas não pode se tornar rotina pq nossas vidas tem momentos tristes e felizes e nada dura para sempre, nem a felicidade. Importante é encontrar o equilíbrio emocional.

      Excluir
    2. Concordo plenamente com Marques. Acho que muito do que vemos nos outros pode ser reflexo de nossos próprios venenos. Não se trata de simplesmente nos livrarmos das pessoas, mas daquilo que está em nós e nos faz vulneráveis, inclusive ao mal que vemos nos outros.
      Existem sim um movimento de liberação, e este movimento chama-se amor. È o amor que nos torna melhores, que nos liberta de todos os tóxicos.

      Excluir
    3. Também concordo com Marques, classificar uma pessoa disso ou daquilo não nos ajuda em nada e muito menos ao ambiente. Aproximar-mo-nos delas, doar-mo-nos um pouco, oferecer nosso silêncio para que ela se ouça, tudo pode ajudar a diminuir a "toxicidade" do ambiente e a distância a qual o ser humano, cada dia mais, se impõe.

      Excluir
    4. Vocês estão distorcendo as palavras do texto, de modo claramente absurdo. O texto é direto, diz "Enfim, pessoas sombrias que minam os relacionamentos e amizades com intrigas, críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ou físicos. Pessoas muito perigosas de se conviver."

      Ou vocês não conseguem entender um texto simples, ou realmente se sentiram ofendidos, porque são esse tipo de pessoa.

      Excluir
    5. Pessoal, não acredito que pessoas tóxicas sejam apenas isso, "tóxicas". Podem ter muito amor para dar também. Mas, em minha experiência de convivo com pessoas assim, algo muda drasticamente no modo com que elas se portam quando a manipulação "leve" não funciona. Mudam de estratégia, da agressão dissimulada para a agressão explícita. Elas começam passivamente, e vão alimentando seu ódio platônico até explodirem. Amam eternamente, até o momento em que o objeto de seu amor não se comporta como ela deseja. E quando isso acontece, partem para o ataque.

      Achei interessante criticarem um pouco o texto, porque nos comentários percebi que as pessoas acabam usando essas ideias para diagnosticarem pessoas tóxicas, sendo que todos nós somos capazes de persuasão e decepção ao longo do dia. Há dias em que exercemos nossas capacidades mais negativas, mas sempre nos damos conta do que fizemos e tentamos aprender a nunca mais repetir a ação. Nos sentimos mal. Mas a pessoa tóxica não sente remorso quando age dessa maneira.

      Excluir
    6. Olhos Espertos, acho legal o que você falou, mas, só até onde der pra aguentar. Senão a gente se acaba e a pessoa continua doente.

      Excluir
  8. Mas e quando não dá para se afastar ou simplesmente evitá-la, o que fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse caso, é melhor procurar ajuda de algum profissional da área holística pq esses terapeutas vão te ensinar a cuidar do corpo, mente e espírito, que te ensinem a equilibrar seus chacras, te ajudando a manter uma boa vibração, só assim não será contaminada ou prejudicada. e tb evite participar de conversar onde o foco é falar mal dos outros... ou ficar com dó das pessoas que se fazem de vítimas, que dramatizam a suas experiências de vida.

      Converse sobre coisas boas e se a pessoa não quiser então se afaste, vá pra outro comodo da casa ou do trabalho e procure não entrar na energia dessas pessoas. Se proteja!

      Excluir
    2. Sobre pessoas que segundo você "pessoas que se fazem de vítimas, que dramatizam as suas experiências de vida", isto é sua opinião pessoal e não é dito diretamente algo sobre este tipo de pessoa no texto.

      O texto fala algo sobre pessoas que gostam de fazer mal aos outros. Já você, está falando de pessoas que estão tristes. E pelo que entendi, se estamos felizes e alguém triste nos procura, devemos é nos afastar, porque temos é que nos importar com nós mesmos, e os outros que se danem, porque tão tirando o meu sossego.

      Isso se chama egoísmo. Não há nada de dramatizar uma situação. Uns são mais resistentes do que outros. Conheci gente que termina um namoro de 2 anos, e já tá namorando com outra pessoa em menos de 2 meses, e nem se importa de ver a(o) ex com outro(a). Porém, há pessoas que demoram anos para esquecer um(a) ex namorado(a).

      Dramatizar, depende de como cada um é resistente para aguentar o sofrimento. Eu consigo aguentar um chute na minha barriga, de uma pessoa de tênis, e eu ser jogado para trás, sem eu nem sentir nem cócegas - eu treinava com um amigo que fazia Kiki Boxer, mas eu nunca lutei nada, apenas gostava de treinar sozinho. Porém, outra pessoa pode se machucar, com uma simples pancada que para mim pode parecer fraca. Ela não está dramatizando, apenas é menos resistente fisicamente.

      Da mesma forma, emocionalmente eu posso me sentir ofendido e ficar magoado por coisas que outras pessoas não se importariam. Não estou dramatizando, apenas sou menos resistente a este tipo de agressão.

      Quando uma pessoa está triste, devemos tentar ajudá-la a se sentir feliz. Uma pessoa triste, porque se sente fraca, é muito diferente de uma pessoa a qual o texto se refere, que está triste, porém quer humilhar os outros para poder se sentir bem e feliz, para assim poder se sentir superior aos que humilha. Esse tipo de gente é difícil de ajudar, porque quanto mais bonzinho você for com eles, mais eles te verão como fraco, e irão te querer fazer de alvo, pois adoram atacar os mais fracos. São estes também que praticam o famoso bullyng.

      Excluir
    3. chamo essas pessoas de psicopatas

      Excluir
    4. Em inglês há um ditado que diz "misery loves company" (a tormenta adora uma companhia), e acho isso bem adequado para o tipo de pessoa que sobre a qual estamos conversando. Acho que o texto nos ajuda a reconhecer que, há pessoas no mundo sim, que se dão muitas liberdades em relação ao outro, e acabam provocando um sentimento impossivel de explicar.

      É muito fácil ajudar quem está triste; o que eu ainda não descobri é como ajudar alguém que está triste, muitas vezes sem saber disso, e sente que precisa te atacar por causa disso, como se a nossa forma de levar a vida ameaçasse a maneira de ela levar a vida.

      Excluir
    5. concordo com o Big Strong...pessoas tristes você pode tentar alegrá-la. Mas as pessoas tóxicas não suportam ver você feliz! Sua felicidade incomoda. Seu comportamento alegre incomoda. São pessoas que julgam sem olhar para si. Todos nós temos momentos de tristeza, ou de melancolia. Mas com certeza, nem todos aqui torcemos para que o outro não se dê bem, nem todos aqui ficamos julgando o outro, esperando pela sua derrota ou infelicidade. Isso pra mim são pessoas tóxicas. Que mesmo quando vc está feliz, ao chegar perto dela, ela te suga sua energia e consegue tirar até suas vontades. É lógico que nem todos reagem da mesma maneira. Uns são mais fortes e de opinião, mas outros são mais suscetíveis a esses "sanguessugas".

      Excluir
  9. Todas as pessoas que se cruzam connosco trazem uma lição a aprender.
    Essa lição, no caso de nos encontrarmos com essas pessoas pode ser:
    "Aprender a não temer"
    "Não nos deixarmos influenciar"
    "Aprender a Amar esses aspectos desses seres e reconhece-los em nós mesmos"

    Enfim, tantas e tantas coisas que viriam antes de: "Afastem-se delas por Amor de Deus… Elas fazem Mal"

    E assim, será esta a mais uma forma de ceder…. ao medo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando alguém começar a te ameaçar fisicamente, apenas para se divertir de você, mesmo que sejam 2 ou 5 pessoas que se reúnam para fazer isso, às vezes até por ter inveja de você, tente dar-lhes um beijo e um abraço.

      Você lembra dos trotes de faculdade, aonde teve gente que morreu afogado em uma piscina? Ou de uma faculdade inteira que começou a perseguir uma garota que se trancou em uma sala, apenas porque ela foi de vestido curto, e um vestido que é normalmente usado em vários lugares?

      Excluir
  10. Muito bem escrito Márcia. Muito bem condensado. Tocou-me por estar num desses momentos, onde preciso varrer, fazer limpezas emocionais durissímas. Mas o seu post, diz-me que não estou sózinha. E indica pistas. Obrigada pela sua intervenção, ponto alto do meu dia de hoje e lema para o novo ano de 2014.

    ResponderExcluir
  11. Este artigo é tóxico, porque pressupõe que há uns "outros" que são maus e uns "nós" que são bons. Na realidade, todos nós temos um pouco de tóxico (uns mais que outros, é verdade). Cabe a cada um, através de uma auto-crítica constante purgar os defeitos referidos sempre que apareçam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem mais. Aliás, as capacidades de saber olhar de fora e mesmo a capacidade de manipular alguém ou não depende apenas da inteligência da pessoa, todas as pessoas inteligentes tem capacidade de manipular e olhar de fora, assim como analisar de diferentes perspectivas e tecer criticas (não se chama apontar erros).
      Todas as pessoas se devem libertar de quem lhes tenta fazer mal, e procurar a felicidade e a paz de espirito. Este texto parece-me escrito por alguém que se sentiu usado e agora escreve para aqui umas palermices discriminatórias a pessoas inteligentes, quando na minha terra se chama "dor de corno".

      Excluir
    2. Você é totalmente contraditório. Uma hora diz que há pessoas que assim como o texto diz, que são manipuladoras, e gostam de tecer críticas. Depois disso, diz que o texto diz "palermices" e quem o escreveu sentiu "dor de corno", e está discriminando pessoas inteligentes.

      Ou você não sabe ler, e não entendeu o texto, ou acha que pessoas inteligentes são, "pessoas sombrias que minam os relacionamentos e amizades com intrigas, críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ou físicos. Pessoas muito perigosas de se conviver."

      Escrevi nas palavras do próprio texto, para que você veja que sou inteligente, e que também sei ler. Interessante, dizem que sou inteligente desde que tenho 6 anos de idade, e no entanto não me senti ofendido pelo texto. Também não gosto de manipular as pessoas e tecer críticas, como se fosse algo natural e demonstração de inteligência.



      Excluir
    3. Não sei como é que alguém que escreve "kiki boxing" pode ser inteligente ahah!

      Excluir
    4. Se tudo que você conseguiu entender do que eu escrevi, foi uma palavra em inglês que escrevi errada "kiki" ao invés de kick, você que não tem inteligência. E embora boxing esteja correto, eu escrevi boxer, que também está. Mas você disse que escrevi boxing. Nem conseguir copiar algo que escrevi você soube.

      E ao invés de criticar o que eu disse, vem criticar de tantas palavras e idéias, apenas uma palavra. E você ainda conseguiu errar uma palavra! hahaha

      Falta de inteligência, é quando você ao invés de criticar o que o outro fala, critica algo que não tem nada a ver com o principal, como você acabou de fazer. A discussão aqui não é sobre o quanto sei inglês. Nunca ouvi falar que uma pessoa inteligente não comete erros, ou que tenha o domínio perfeito do idioma inglês. Mas já ouvi falar que uma pessoa sem argumentos, fala sobre algo que foge totalmente do que se está falando, como você fez.

      Excluir
  12. Penso que esse artigo serve para uma auto-reflexão... quem está lendo saberá se de repente não seria o comportamento dele(a) que afastará as pessoas de seu convívio ou pessoas queridas. Cada um saberá de si. O "afaste-se dela" é no sentido de não entrar nessa energia, qualquer um pode ser sugador de energias (vampiros). Acredito que cada um de nós, seres humanos, tem algum grau dessas imperfeições.

    Como disse o Pedro Frias, cada pessoa que passa por nossa vida traz uma lição para aprender, algumas nos ensinam a não ser como elas, outras ensinam que devemos sim ter paciência, amar, respeitar seu tempo de entendimento de alguns fatos.

    Não esquecendo de que existe a projeção do comportamento, muitas vezes aquilo que mais nos irrita nas pessoas é pq em nós tb há o mesmo tipo de comportamento ou se estivéssemos no lugar da pessoa nos comportaríamos da mesma maneira ou pior...

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Mi ferrei então. Moro com a minha Sogra. Sempre quiz passar dos 40...chuinf.

    ResponderExcluir
  15. ...E se EU for essa pessoa tóxica? ...

    ResponderExcluir
  16. Tenho visto que aqui, muitas pessoas tóxicas se sentem ofendidas. Um colega meu, que é altamente tóxico, tão tóxico que prefere ficar sozinho, e sou seu único amigo, e ainda assim ele costuma tentar me humilhar - e quando me ofendo e tento me afastar, vem me pedindo desculpas, e depois torna a cometer um novo erro, que tento consertar, por ter pena dele -, este mesmo colega me disse o seguinte:

    "Amigos se ofendem mesmo, como forma de brincadeira! Não se incomode se eu te ofender, isso é normal. Amigos se divertem brincando assim!"

    Interessante que trabalhei com um primo dele que era nosso chefe, e sempre que falo mal dele com esse meu colega, chamando o primo dele de careca e de chato, meu colega se ofende, porque é primo dele. A mim ele pode ofender, que é brincadeira! - Ele acha. hahaha Um idiota.

    Tem muitas pessoas iguais ou piores que o meu colega, aqui, que se sentem ofendidos pelo texto. Mas não tem problema, essas pessoas mais cedo ou mais tarde farão comentários irracionais, ou apelarão para xingamentos, e mostrarão a todos que estou certo.

    O texto fala sobre pessoas ruins, que se divertem fazendo mal aos outros "Pessoas que são egocêntricas, manipuladoras, interesseiras, arrogantes, rancorosas, amarguradas, mal amadas, invejosas ou fracassadas, que não conseguem ver o sucesso ou a felicidade alheia. Enfim, pessoas sombrias que minam os relacionamentos e amizades com intrigas, críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ou físicos. Pessoas muito perigosas de se conviver."

    No entanto, tem pessoas dizendo que o texto está falando de pessoas que estão tristes, e são vítimas frágeis e indefesas. Não! Estas pessoas fazem os outros de vítimas, elas caçam pessoas frágeis e indefesas! Estas pessoas são perigosas! Se sentem mal! Eu quando mais jovem, estudei em um colégio, aonde todos os dias um rapaz que era musculoso, e ficava debochando de mim. Um dia um colega dele o perguntou porque ele me perturbava. Ele respondeu que ficava irritado, porque eu só tirava notas boas.

    Dez anos se passaram. Eu aprendi a lutar, treinei fisicamente, me tornei forte. Sou uma pessoa gentil, e simpática, delicada. Quando alguém pensa que sou fraco, eu fico sério. Às vezes, só para me divertir, ao ver que a pessoa está me olhando, eu mando um chute bem rápido acima da minha cabeça - tenho 1,82 metro. Essas pessoas ficam com medo, e param de me atacar. Eu acho engraçado, o medo no rosto delas. Eu não quero causar só medo. Eu quero brigar mesmo, arrebentar a cara deles. Mas eles são tão fracos, que fico com pena. E já consegui fazer isso com mais de uma pessoa, pessoas que se juntaram pra querer me humilhar ao mesmo tempo. Sabem porque eles param? Porque só atacam os mais fracos. Fogem dos mais fortes. Não que eu seja o mais forte. Tem uma famosa frase que diz que "Sempre há alguém mais forte." É que no meu caso, eu me preparei fisicamente e psicologicamente, para destruir esse tipo de gente. O que também é falado no texto: "Essas pessoas tóxicas acabam, de alguma forma, nos envenenando. Direta ou indiretamente, acabamos agindo por influência delas"

    Então, eu gostaria que as pessoas que comentam, aprendessem a ler e a fazerem interpretação de texto. Que é algo que aprendemos na escola, ainda quando crianças. Pois há muitas pessoas comentando coisas aqui, que dizem que o texto está falando, mas não está.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torna-se muito dificil afastarmo-nos quando as pessoas que nao sabem que Nos fazem mal Nos sao Tao proximas

      Excluir
    2. Felipe me ataca sem argumento argumento algum, e diz que o tóxico sou eu. =)

      Excluir
    3. Fátima, você tem de andar com pessoas que gostam de você, mas às vezes é muito difícil encontrá-las. Conselho: Entre para um grupo no facebook que seja de algo que você goste, e conversará com várias pessoas que tenham os mesmos interesses que você. Isso te fará se sentir bem, e até mais forte contra pessoas que não gostam de você. =D

      Excluir
  17. Excelente topico para discussao.A autora Doreen Virtue nao foi mencionada nos creditos, este texto aparenta ser uma traducao livre de materiais da autora principalmente quando ela discute "Toxic Relationships" no livro recente "Assertiveness for Earth Angels". Em momento algum te tira o merito de ter apresentando o topico porque dividir este tipo de conteudo so tem efeitos positivos, mas vale a pena agradecer a quem publicou originalmente.Namaste!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom vc alertar para isso... obrigada!

      Eu coloquei logo abaixo do texto o endereço de onde o encontrei... achei até que era deles, mas internet é isso, né? As coisas se espalham de tal forma que a gente se perde... mas o importante é compartilhar e nos fazer refletir, imagino que a intenção da autora é exatamente esse, causar reflexão.

      Excluir
  18. Um texto que aponta aspetos muito importantes das relações humanas, mas deixo algo para reflexão, sobretudo sobre a ideia generalizada e perigosa que nos devemos simplesmente afastar de pessoas tóxicas: Todos nós somos tóxicos em alguma medida e já passamos por momentos difíceis que nos tornaram "mais tóxicos". A pergunta que faço é: E se a pessoa que hoje está intoxicada, for a mesma pessoa que um dia ficou ao nosso lado e nos ajudou a sair dessa toxicidade? Como ficam valores como amizade/fraternidade e lealdade?


    Existe uma alternativa... Chama-se escudo do Amor. A sua força de bloqueio é proporcional à nossa força interior e estado evolutivo da nossa consciência. Exige muita força interior e presença - que só se adquirem pela prática - para mantê-lo levantado de forma eficaz durante muito tempo face a situações e pessoas muito intoxicadas. Afastar-se de alguém muito intoxicada serve quando essa força nos falta, momento esse em que devemos nos resguardar, quem sabe até para voltar à pessoa mais tarde. Mas quem escolhe simplesmente se afastar, perde uma oportunidade de se fortalecer ainda mais e - também - de ajudar alguém intoxicado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de saber como ajudar uma pessoa toxica, desde que nasci a 19 anos atrás, venho convivendo com alguém assim, minha mãe. Da infancia para a adolescencia percebi que havia algo errado e hoje depois de estudar, tentar entender e me esperitualizar vejo a realidade em que vivo. Gostaria de ajudar, porém durante esses 19 anos ela vem oscilando, ou assim eu interpreto, em momentos bons (raros e não confiáveis) e momentos ruins. Qualquer tentativa de ajudar é negada ou postergada, sempre tem uma desculpa, sempre tem uma dramatização ou uma tentativa de manipulação. Chego as vezes a pensar em desistir. Não até que ponto ou posso chegar a prejudicar a mim, a minha saúde e as minhas relaçõas com as pessoas que me são queridas. Minha vontade de ajudar é grande, mas nunca há retorno. E sendo minha mãe, não posso me afastar.

      Excluir
  19. Muito interessante. Mas e como reagir quando a pessoa trabalha com a gente e não temos opção senão permanecer ao seu lado a maior parte do dia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orando por ela , nada lhe acontecerá a si , e ela melhorará .

      Excluir
    2. Aprende uma luta em uma academia. E chama a pessoa pra conversar na rua, longe de todos e do chefe. Diz que não está gostando e quer que pare. Fale sério. Se ela rir, ou te ameaçar, você já estará treinada para saber o que fazer.

      Excluir
    3. Ah ah ah..... Big........vc é dos meus!!! Nada de dar a outra face!!! Treinar para saber o q fazer, muito boa, adorei!!!

      Excluir
    4. Rosana! =D Mas é sério, a pessoa deve aprender a lutar mesmo em uma academia, e não sair encarando todo mundo apenas por vontade própria. A nossa raiva nos torna fortes, mas temos que saber como agir. E se dedicar-se a uma luta, não precisará ter raiva, terá uma técnica, e poderá usá-la até mesmo apenas para amedrontar o agressor, sem causar-lhe danos severos - quebrar ossos, etc. Apenas poderá dar uns soquinhos, ou jogar no chão, e a pessoa ficará com medo e verá que não pode mexer contigo. Mas antes disso há casos, em que basta falar sério, e depois partir para isso. Lembre-se daquela frase: Dar um tiro para o alto, e só então atirar. O tiro de advertência aqui no caso, seria a voz.

      Excluir
    5. Fran, leia esse tópico... é uma boa maneira de se proteger.

      http://causaemocional.blogspot.com.br/2014/02/aceitacao.html

      Excluir
  20. estamos cercados.... mas muitas vezes... somos nós mesmos os protagonistas.... o equilíbrio entre o ser e não ser... tóxico ou abusado... é a grande resposta... pergunta...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equilíbrio entre ser ou não ser, só se for pra se defender atando quem é. Tem pessoas que não fazem essas atitudes sem querer, ou por impulso. Fazem porque querem mesmo.

      Excluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. O interessante aqui era ver toda esta gente que fala em influencias e mais um monte de tiros no ar a pensar pela própria cabeça e perceber que se fazem alguma coisa que os prejudique ou não, o acto é deles e não do bode expiatório.
    Por muito que me tentem influenciar, eu só faço se quiser e, se fizer, certamente a responsabilidade será minha. E quem tiver provas do contrario que me mostre.

    ResponderExcluir
  23. Por isso é que eu não quero nada com políticos

    ResponderExcluir
  24. Acho que convivo com alguém assim, mas não consigo me livrar! Relação afeita, ex-namorada que até hoje procura, mas cheia de rancor e discursos, por um erro meu, porém busco e busquei amadurecimento e ela nada, sempre somatizando e/ou problematizando tudo. Vem e vai, e meu amor não sai. Foda! Não sei o que fazer, já tem meses...

    ResponderExcluir
  25. Muito bom o texto, pois acabei de me relacionar com uma pessoa assim, e agora pude ver com mais claresa que se tratava de uma pessoa tóxica, e cada vez que brigavamos me sentia aliviada, e depois sentia falta dele, pois o mesmo também tinha algumas qualidades que depois percebi que as qualidades eram cobradas, antes de ler esse testo descobri que quando estavamos brigados ele contava confidencias minha para outras pessoas para me colocar contra elas e não entendia o objetivo disso, vejo literalmente que o principe virou um sapo e depois de ler esse testo passei a entender tudo, e digo mais esses tóxicos geralmente já fizeram um estrago na sua própria vida e acabam estagando a sua tambêm com intrigas e fofocas, como pode alguém que diz amar ter esse tipo de atitude! Muito bom esse testo me esclareceu muitas coisas e tudo que desejo agora e me afastar desse tipo de gente e o pior é que ta cheio de tipos assim!

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. 1.Como saber se se está sobre influência de uma pessoa tóxica?

    2. Se sim, que fazer para nos libertamos dessa influência?

    3. Como saber se eu próprio sou uma pessoa tóxica?

    4, Se sim, que fazer para mudar e deixar de ser uma pessoa tóxica?

    5.O que fazer para que uma pessoa tóxica que estimamos deixe de o ser e viva mais feliz?

    Para todas estas questões há respostas muito práticas com resultados magníficos.

    Ver www.protocolosdecura.pt

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Melhor seria cada um de voces aprenderem mais sobre a mente, e um texto que diz muito a respeito desta nossa parte componente é o - A MENTE, MENTE, do mesmo blog. Concordo sim de que existam pessoas tóxicas, pessoas que como outro diz são psicopatas, mas creio que sejam a minoria, porem com muito poder de destruição sim, e isto é um fato, tipos como os facistas, totalitaristas, ditadores...mas também pessoas que talvez nem tenham lá um alto cargo no poder. No meu ponto de vista o que mais existe são os contaminados por estas pessoas, que foram "mordidos"de alguma forma e que agora pensam estarem a cresçer seus caninos, e que também precisem sequestrar luz, sugar energia alheia, e estes são a grande maioria, que delegaram poderes a estes vamps, onde que deram seus votos de confiança, apostando em tais sinistros para a administração de nossos bens, de nossos patrimonios publicos, de nossas instituições...."entregando o ouro na mão destes bandidos" Penso que devamos ter um cuidado muito especial para classificarmos alguem como pessoas toxicas, porque creio que seja uma linha muito tenue que separe um ser naturalmente anti-social de uma que pode até se tornar anti-social por varios motivos, mas que no entanto pode se recuperar de seus problemas com boas ajudas, o que não ocorre com os naturalmente anti-sociais onde nada os podera ajudar a se recuperarem, posto de que são naturalmente criadores de caos.
    Portanto, vejo de que há que se ter muito em consideração o que seriam então pessoas não toxicas, pessoas que não são naturalmente tóxicas para saber o que são pessoas TÓXICAS.
    Buscar ter isto claramente em sua consciencia para não cometer injustiças a quem possa nos vir pedir ajuda e portanto não a confundamos com pessoas toxicas, pessoas vamps, ou seja lá o termo mais especifico para significar pessoas psicopatas, o que na verdade são estes sujeitos. Tenham um bom dia.

    ResponderExcluir
  30. Todos nós temos o potencial para ser tóxicos ou benéficos aos outros e a nós mesmos só depende do nivel de iluminação que está em nossas vidas se formos guiados pelo exemplo de Jesus é muito mais fácil enxergar todas essas questões e melhor além de não ser afetado pela negativdade do outro entender que ele não tem a luz de Jesus na vida então é facil perdoar, continuar leve e limpo energeticamente e porque não orar por essa pessoa? Os discipulos de Cristo são sal da terra e Luz do mundo pois são guiados pela luz dele... A paz de Cristo

    ResponderExcluir
  31. mto bom. e de repente ,se fizermos um pequeno esforço e nos julgarmos com imparcialidade, veremos o qto somos tóxicos.

    ResponderExcluir
  32. Convivi com uma pessoa dessa durante 48 anos, ou seja, desde que nasci: Meu irmão. Ele faleceu agora dia 11 de outubro de 2013, e no leito do hospital já inconsciente dizia que iam me levar, ( os espíritos ) com ele também. Uma vez um paciente que estava na enfermaria com ele, falou para mim que ele havia me xingado e dito coisas horríveis ao meu respeito, e ele não estava totalmente inconsciente nesse dia. Ele sempre me desejou mal e aos meus filhos, viveu a vida inteira sugando as minhas energias e de toda a família, estava sempre certo, fumava maconha dentro da minha casa e queria fazer apologia a droga, só sabia falar de coisas sinistras quando eu era mais nova chegou à co,locar viciadinhos dentro da minha casa, não respeitava a própria mãe. Deus que me perdoe, nunca desejei a morte do meu irmão, ainda mais com a doença que ele morreu: Câncer de pulmão,(, É MUITO SOFRIMENTO ), e eu é que tive que cuidar dele até o fim, pois nunca casou e nem teve filhos, minha mãe já morreu e só sobrou eu: cuidei com todo o carinho que pude, tentei oferecer à ele o melhor de mim, até que no dia 11 de outubro tudo acabou! Sei que ele não sofre mais, pois expurgou muita coisa com a doença e isso me tranquiliza, que não falte a ele a misericórdia de Deus e nem à mim. É triste dizer, mas hoje eu RESPIRO melhor. Apesar de tudo eu amei o meu irmão.

    ResponderExcluir
  33. Quanta verdade neste post...
    Agora, se fizermos um auto exame e nos descobrirmos praticando uma, algumas ou todas essas toxidades, já é um grande passo para a cura... O distanciamento, a indiferença a priori não contribui para a cura das pessoas, que como foi dito, muitas vezes as fazem sem ter consciência disso, e sim o Amor verdadeiro, o amor de Deus manifesto em nós, não como força de equilíbrio, mas como Agente de cura... Há duas ações poderosas que podem curar, restaurar e transformar: Amor e Perdão!

    ResponderExcluir
  34. Este post tem muitas verdades, mas será que entendi mal ou referia-se só sexo masculino ou tambem para o sexo femenino?

    ResponderExcluir
  35. Vivo uma situação parecida com a minha mãe, mas tenho apenas 19 anos. Meu pai saiu de casa, pois eles se separaram e vive com uma mulher pior ainda. Não tenho condições de viver com ele e com aquela mulher, e minha mãe é fraca demais pra viver sozinha, sei que existe a possibilidade de ela cometer algo a si mesma. Desde o meu nascimento sinto que não fui bem vinda ou amada como todos ao meu redor, vejo as mães dos meus amigos, namorado... E todas os tratam com real carinho de mãe, algo que nunca tive. Ela sempre me julgou, foi agressiva, e usou meus sentimentos contra mim mesma, arruinando qualquer tentativa de aproximação ou carinho que poderia sentir.
    Mesmo assim gostaria muito de ajudá-la, estive sempre disposta a perdoá-la, mas eu fico tão cansada quendo fico em casa. Minha cabeça dói, ela é a rainha do drama e a situação a cada dia fica mais insuportável. Eu não tenho para onde ir, e também não sei mais o que fazer para ajudar. Eu sempre levo patata em cima de patada. Gostaria de saber se existe algo a ser feito. Algum meio de ajudar, senod que me afastar e sair de casa ainda não é uma realidade muito próxima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos quase na mesma situação, força!

      Excluir
  36. Que coisa!!! Parece que estou lendo sobre pessoas que conheço e que percebi a pouco tempo como são...
    Muito interessante...
    Parabéns!!
    Gostei demais do texto e da idéia.... e, infelizmente é extremamente real!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive a mesma sensação sobre alguém que convivi. Me afastei, de quem quer me fazer mal eu me afasto mesmo! Hoje vivo muito bem.

      Excluir
    2. Eu tb me afasto sem culpas..

      Excluir
  37. Não me afastei de uma determinada pessoa e fui seriamente prejudicado fisicamente. Hoje sofro as consequências. Mas o afastamento quase se tornou impossível porque trabalhavamos juntos. A minha mulher bem me avisava mas aquela pessoa era uma carraça. Bandido.

    ResponderExcluir
  38. Como me afastar da minha mae?
    Ela rebaixa me todos os dias, faz me escrava dela passa o dia todo sentada no sofa e ver me trabalhar, diz mal de mim as pessoas incluindo doenças que não tenho, a frente das amigas trata me por amor e da me beijos, tento manter me no quarto ou na rua para nao ter que falar com ela, pois tenho medo de ser igual a ela. Tenho uma vida parada, baixa autostima, sem força para nada, sinto muita solidao. So quero sair desta casa, mas nao tenho condiçoes. Me dem dicas de protecção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem estudo? Trabalha? Qual a sua idade?
      Tente fazer algum curso, trabalhe fora! Não deve ter baixa estima!
      Olhe para os lados e comece ajudando pessoas que estão em pior situação que a sua.
      Não deixe que te ofendam, seja forte! Responda sempre com um sorriso, você vai ver como tudo isso vai passar.
      Eu sei que é dificil, mas essa força só consegui depois de ir me desligando aos poucos das pessoas que me cercam, principalmente meus pais.

      Excluir
    2. Ola Maite, eu arranjo uns trabalhos de vez enquando quando á mais clientes na area de cabeleireiro, faço voluntariado a cortar cabelos a senhoras idosas porque tirei o curso e tambem é de vez enquando, mas queria um trabalho estavel claro. Tenho 24 anos. E nao tenho ninguem do meu lado porque ela faz o papel dela e eu ate tenho vergonha de pedir ajuda com uma mae assim.

      Excluir
    3. Joana, procure se equilibrar emocionalmente, tente não dar muita importância aos comentários dela... busque autoconhecimento, seja você, desabafe com uma amiga ou amigo, as vezes, quando desabafamos e somos compreendidos alivia um pouco a tensão... E principalmente, busque sua independência para que vc possa viver sua vida sem precisar da opinião de ninguém... foque nisso.

      Excluir
    4. Recomendo a vc Joana e a todos que se interessam pelo tema, que conheçam melhor a manipulação das bioenergias. Um cara muito didático e lúcido é o Marcello Cotrim, radialista da Rádio Mundial. Se vc mora em São Paulo, ele também tem um centro espiritualista (sem religião específica) que funciona às sextas-feiras com atendimentos gratuitos. Informações no site dele (www.entrevidas.com.br). O centro se chama Caminho dos Essênios.

      Estes dois links correspondem à tecnica do Corte Áurico, que ele ensina.


      https://soundcloud.com/programaentrevidas/programa-entrevidas-corte

      https://soundcloud.com/programaentrevidas/programa-entrevidas-t-cnica-do

      Abraços.

      Excluir
    5. Adriana, eu sou de Portugal. Mas muito obrigada pelo conselho que me interessou mas tenho pena ser do Brasil.

      Excluir
    6. Boa dica, Adriana.
      gosto muito do Marcello Cotrim, aprendo muito com ele, devo dizer que graças a ele hoje eu consigo entender muitas coisas da vida e do ser humano.

      Excluir
    7. Oi Joana, mas de qualquer forma dá para aprender muito acompanhando os programas de rádio que ficam disponíveis na internet.

      https://www.facebook.com/marcellocotrim?fref=ts

      https://soundcloud.com/programaentrevidas

      Abraços e boa sorte!

      Excluir
  39. Já encontrei várias pessoas assim na minha vida. Algumas eram tão tóxicas que me deixavam sem forças, sem energia, me dava fraqueza e até sono, Me sentia mal com o estomago embrulhado. Tinha um que se passava por meu amigo de tra balho que foi um dos piores que já cruzou na minha vida. Agora qdo sinto isso perto de uma pessoa eu já corto e me afasto.

    ResponderExcluir
  40. A energia em si não é ruim nem boa ... ela é ... o que diferencia é a forma de emissão ... e a forma de recepção. Tanto uma quanto a outra pode ser doença ... pois eu posso emitir doença ... como posso captar doença EXCLUSIVAMENTE ... no entanto há os que emitem energia puramente, e os que emitem energia "boa" puramente (os receptores da mesma forma). Cabe aqui entender um pouco o emissor e o receptor ... cabe aqui entender que existe a energia ...e ela é. Filtros são usados ... "espelhos" são usados, e por vezes o que avalio no outro enquanto emissor de energia ... na verdade sou eu refletino no outro. Falar friamente sobre esta ou aquela forma é pouco para um conteúdo tão vasto. Emissores ... receptores ...tóxicos ou não. Como a energia é ... ela é em todos ... comum a todos ... as habilidades do "trato" com ela é que difere ... consciente ou inconscientemente. Aí se eu recebo deste ou daquele toxidade tenho que avaliar inclusive o "TRÃNSITO" desta energia ... e a capacidade que tenho de transforma a toxidade em algo benéfico ... mudando sua característica original (se é que podemos dizer assim) em outra coisa ... já que a energia é ... e eu ... com minhas habilidades posso emanar, transformar desta ou daquela forma. Uma coisa é fato ... a gente não entende nada de energia ... e aí bodes expiatórios são eleitos ... problemas a partir disso emergem de uma forma assustadora ... qualitativa e quantitativamente falando. Precisamos estudar mais.

    ResponderExcluir
  41. Ola Marcia, infelizmente vou ter de discordar de você. Minha vida toda encontrei gente assim (e elas existem sim). Mas penso que somos todos irmãos e que Deus nos criou para a felicidade. Ele é misericordioso com todos e permite que essas pessoas continuem vivendo e aprendendo. Se todo mundo se afastar delas, quem lhes dará um bom conselho? Uma dica? Uma possibilidade de pensar diferente? Podemos sim ficar perto desde que nossas mentes e corações estejam blindados e assim estender as mãos para que elas 'sintam' diferente. É claro que quem não tem esse preparo não vai conseguir mesmo. Mas todos podemos aprender uns com os outros. Podemos reeducar essas pessoas que, por algum motivo lá trás aprenderam o jeito errado de ver e sentir coisas e pessoas!

    ResponderExcluir
  42. achei o texto contraditório também, afinal se essas pessoas possuel tantos problemas ao ponto de prejudicar outras, elas precisam de ajuda, huh?


    aí abandonamos? é isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto não fala em abandonar, excluir, deletar, exterminar a pessoa da face da terra...rs Se não te faz bem ficar perto de determinada pessoa pq temos que ficar perto? Quando chegamos ao ponto de nos afastarmos é pq já estamos desequilibrados tb...então a solução é afastar-se.. equilibrar-se e quem sabe depois conseguir ajudar quem precise e QUER ajuda.

      Excluir
  43. Achei o texto demasiado extremo, embora queira achar que a intenção foi boa e sincera.
    Em primeiro lugar, ninguém e' perfeito, e todos nos a certa altura da vida sentimos frustração e acabamos por descontar em alguém, por mais boas pessoas que sejamos e mas energias que tenhamos...Em segundo, mesmo que existissem pessoas completamente plenas de alma e com energias positivas, existe sempre alguém com as ditas mas energias, quer seja no nosso trabalho, na nossa escola e ate mesmo na família, e ai, o que fazemos? Andamos sempre a fugir dessas pessoas? Outra questão que coloco e' a seguinte, não será mais correcto enfrentarmos essas pessoas, e de alguma forma tentar elucida-las para que possam melhorar as suas atitudes? Nao sei, isto porque acho que verdades absolutas não existem e isso de fugir das energias negativas e' um pouco historia para as crianças dormirem. Eu gostava de pensar assim, mas sei bem que no mundo onde vivo e sei que ninguém e' perfeito e todos nascemos iguais, selvagens e puros, ate o mundo nos mudar. Bruxas não existem, existem pessoas perturbadas mas que por dentro são como nos. Enfim, esta e' a minha opinião.

    ResponderExcluir
  44. O melhor remédio para curar o mal que está dentro de você ou dentro do próximo, é o perdão! Se alguém é negativo a ponto de lhe influenciar, jogue com ele o seu melhor, toda sua positividade, sua alegria, seu charme. Sabe o que vai acontecer! essa pessoa vai lhe imitar, e sendo assim será como você, que é feliz com a vida e bem resolvido. Todos nós temos momentos de baixa, mas não podemos deixar que nem um mal ou praga chegue até a nossa tenda. Eu tenho uma receita para que você não turbe seu coração com a fofoca, inveja, e a mágoa, basta não querer saber o que o outro disse de você. A fofoca é uma porta para o inferno, ou seja é a boca do próprio diabo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece fácil qdo vc não tem que conviver com essa pessoa no dia a dia.

      Excluir
    2. Se alguém é negativo a ponto de lhe influenciar, jogue com ele o seu melhor, toda sua positividade, sua alegria, seu charme. Sabe o que vai acontecer! essa pessoa vai lhe imitar, e sendo assim será como você, que é feliz com a vida e bem resolvido. Poxa! Adorei, vou levar esse pensamento comigo.

      Excluir
  45. Sabem, tem coisas que eu não entendo. Se todos se afastarem de pessoas não iluminadas, quem poderá ajudá-las a melhorar.É muito fácil ficar perto de pessoas positivas que podem nos nutrir, mas não será apenas querer receber, puro egoísmo? Não somos perfeitos e é claro que há pessoas mais iluminadas que nós que também poderão querer não se aproximar, não querer nossa companhia, pois para elas seremos negativas e sugadoras. Amor é doação, inclusive de nossa energia, que logo será recuperada em dobro. Pensem nisso

    ResponderExcluir
  46. Oi, bom dia.

    Achei muito interessante este post, pois sou filho de um primeiro casamento, meu Pai morreu e minha mãe casou-se novamente, esta segunda familia, sempre me tratou como um estorvo e isso ja dura 30 anos, minha irmã, não pode me ver em nossa casa, ja faz uma tempestade e nunca foi minha amiga e nem conversa comigo, meu padrasto tambem....hoje ele sofre de cancer. O clima e nossa residencia é um horror. Ja a algum tempo percebi que se eu me afastar eu fico bem e tranquilo, este é o caminho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião sim... Ter paz de espírito não tem preço.

      Excluir
  47. Infelizmente já convivi com uma pessoa assim e foi o período mais horrível na minha , e ate hoje apesar de eu me afastar dessa pessoa , ele ainda faz de certa forma continua fazendo mau pra mim....como posso me livrar disso???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se mesmo afastada vc ela consegue te fazer é pq vc está muito ligada energeticamente com essa pessoa. É preciso fazer um corte energético... procure não pesar na pessoa, tente perdoar, deixe de dar importância ao que ela te fez... Se vc fica sofrendo vc está dando muita importância a pessoa e continua ligada a ela.

      Excluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. Precisamos não só nos blindarmos de tais pessoas, mas orar por elas, para que elas possa libertar-se dessa má energia.

    ResponderExcluir
  50. Olá minha xará!!!! hehehehehehe Ameeei seu texto e acredite... veio de presente pra eu entender, definitivamente, o que estava acontecendo comigo e não sabia explicar nem definir!!! Infelizmente, eu me tornei uma pessoa tóxica tbém, por não saber lidar com as pessoas à minha volta... tomei iniciativas determinantes (não faz 2 meses) mas continuava sem entender o que estava acontecendo comigo! Enfim, se é destino, coincidência, coisa de Deus ... não sei! mas que seu blog, com esse texto me fez sentir muito bem... é um fato! Obrigada por vc e a internet existir kkkkkkkk Abraços! "Be Happy" ou Namastê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por sua palavras Márcia, isso me incentiva a continuar apesar das duras críticas..r.s

      Excluir
  51. Este texto veio elucidar-me muito claramente, um caso que precisamente ,teve inicio em 10 de Janeiro ,de 2013. Eu não vou comentar o meu caso .. Deu muito sofrimento saber estar a lidar com uma pessoa dessas . . Não só a mim mas uma grande e unida família . Como sou crente, espero a conversão da pessoa. Nada mais posso fazer só orar e esperar a hora de Deus Espero que Deus me elucide porque aconteceu, ! . Sou amada por muitos amigos e familiares. mas fasme falta os que sem saber porquê ,perdi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reza e perdoa, mas a conversão dessa pessoa não vai alterar nada. o psicopata é um caso bicudo de resolver. muita terapia, só. foi o que me disse um médico da especialidade, e mesmo assim é preciso que o próprio tenha noção de que mata tudo por passa e aceite ajuda. depois depende da colaboração que imprime à cura. triste, muito triste, então quando têm filhos, porque os miúdos são umas pobres vítimas.

      Excluir
  52. Psicopatas, é o que se trata. Vivi 2 anos com um e sei o que é. Não se enxergam, nem ouvem ninguém. Dizem que sim mas nunca passam disso. Lição, lição das grandes, porque estou convencida que só é vítima deles quem precisa de abrir os olhos e de aprender a respeitar-se. Comigo levou muito tempo até chegar à exaustão física e emocional, mas no dia em que decidi, foi como sair da cadeia ou como abrir asas e voar. Voltei a ser eu. Delícia. Muitos momentos de raiva, frustração, apego, dor, até chegar um clarão da clarividência - e não dá para negar, nem tentar desculpar: essas pessoas fazem tudo estrategicamente, cirurgicamente, é incrível... a minha dúvida é se actuam consciente ou inconscientemente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vivi 13 anos com uma vampira energética... durante esses anos, tive muitas experiências de me ser sugada a energia sem dó nem piedade. Muito do que li aqui enquadra-se nesse perfil. Passados 4 anos de me ter separado dessa pessoa, ela continua a tentar, refiro tentar, infernizar a minha vida, usando as nossas filhas contra mim. Não olha a meios para atingir os seus fins e as nossas filhas são o único "veículo" que ainda consegue encontrar para manter um "jogo" que só ela quer jogar.

      Sem dúvida, concordo que devemos afastarmos das pessoas toxicas e procurar pessoas que nos valorizem e nos façam sentir bem. Mas, a meu ver, mais importante é fortalecer-nos para poder sermos (cada vez mais) imunes aos ataques vampirescos energéticos. Foi esse trabalho que fiz durante anos e, olhando para trás, posso afirmar que a forma como encaro e sou afectado por esse tipo de negatividade é muito diferente para melhor.

      Excluir
  53. Um pouco dramático e exagerado esse tópico. Tem muitas características aí que se assemelham comigo, nem por isso sou uma pessoa ruim. Acho que misturaram muitas características aquém do necessário e relacionaram com o que na verdade é um psicopata.
    Psicopatas são pessoas que causam mal dessa maneira. Entretanto tem muitas características aí que são traços de personalidade totalmente independente, que muitas vezes nada tem a ver com maldade, ou causar mal a outro. Dependendo da pessoa pode ser até qualidade, em alguns casos particulares.
    Então cuidado com textos demasiadamente dramáticos, eles misturam e projetam vilania onde não existe.
    De resto está bom. Mas fiquem alertas com psicopatas galera, namorei 3 anos com um, e é uma experiência pesadíssima e única, mas que difere muito da ficção, muito.

    ResponderExcluir
  54. Desculpe o comentario mas Hitler pensava da mesma forma e seu regime deixou O exemplo para historia mundial, que ele e seu regime nao aceitava "considerava toxica " mandava eliminar, esse texto pelo menos esta mais sutil esta orientando a se afastar. Imagina as pessoas sem condição financeira, essa deveria ser morta ao nascer para nao ser toxica e nao contaminar a sociedade. TODOS SOMOS TOXICOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tem de mal em se afastar de pessoas que não te fazem bem? Comparar com Hitler na minha opinião foi um bocado exagerado..rs No final do texto ainda tem uma sugestão, perdoe essas pessoas que te fazem mal pois muitas vezes elas nem tem consciência disso.

      Excluir
  55. A autora deste post - sem querer julgar, mas já julgando - parece ter características de uma pessoa narcisista. Inferioriza os outros pra se sentir MAIS. Convenhamos que hipócrita também. Diz que é feio falar da vida alheia, mas ta aí falando das pessoas "tóxicas". Minha cara amiga, você não é importante. Vive em um planetinha dentre outros bilhões de planetinhas, dentro de uma galáxia dentre milhares de outras milhares de galáxias, dentro de um universo tão extenso que não se sabe se é infinito ou não. Nós não somos nada, você não é nada! Pessoas tóxicas não são inferiores à você, muito menos superiores. Somos só poeira no vento. Poeira que, um dia, também vai ser extinta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário exagerado esse... Eu não sou autora do post, apenas compartilhei e coloquei a fonte do outro blog onde o encontrei... Mas uma coisa pude observar pelos comentários aqui, só quem vive muito próximo com pessoas assim é que sabe o que é... principalmente se essas pessoas são pais, mães ou familiares próximos, onde não é tão fácil simplesmente se afastar, cortar de suas vidas... é preciso usar toda uma psicologia para lidar com essas pessoas para manter o controle emocional.

      Excluir
    2. Verdade ´quando são envolvidas pessoas que entram na família , os estragos quase se pode dizer são irreparáveis , incontroláveis

      Excluir
  56. Adorei o texto, riquíssimo! Uma pessoa tóxica já me fez muito mal tipo assim, a pessoa diz que gosta de mim, me trata bem, mas depois some, e sempre me trata como opção, sem me dar valor algum. Quando estar com pessoas que "julga melhores" que eu, sempre tenta me passar para trás com um comentário ou fazendo uma gracinha, é muito chato! Se me afasto, me procura, mas sempre quando quer saber de algo ou quer algum favor e sempre com segundas intenções. Dei o troco algumas vezes, pois sou do tipo (Quietinha, mas não mexa comigo!) e para algumas pessoas me tornei uma má pessoa. Hoje em dia me afastei, aprendi que só é importante pra nós quem nos quer bem e por perto, tenho amigos e amigas de bom coração e que me curtem de verdade e sou feliz! E amei esse texto, me engrandeceu mais ainda. Um abraço! :)

    ResponderExcluir
  57. Concordo plenamente no que Plínio M Madureira diz em seu comentário. E antes de excluir o próximo por considerar tóxica sob nosso ponto de vista deformado devemos amar. Precisamos estudar mais sobre energia antes de julgar e condenar qualquer pessoa. Se temos "tóxicos" por perto é porque temos condições de ajudar. Nada acontece por acaso. Por que atraímos pessoas assim? Vamos refletir mais e excluir menos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb concordo, não precisa excluir da sua vida... pode se afastar um pouquinho, buscar forças e voltar em visitas demonstrando seu amor, quando se trata de familiares. e tb concordo que atraímos tudo que nos acontece.

      Excluir
  58. Eu tô passando por isso. Eu servi pra essa pessoa enquanto eu pensava como ela, mas quando caí na real que eu estava cometendo um erro, mudei a forma de pensar eu não servi mais. Ela criou uma intriga dos infernos comigo por isso! Um dia conversamos e deixamos tudo em pratos limpos, mas a amizade nunca foi a mesma. Pode ser que um dia a gente volte a se falar, mas só quando eu tiver certeza que essa energia ruim que ela carrega não me afeta mais. Esse texto descreveu essa pessoa com tanta precisão que eu fiquei até com medo e re-li umas 3 vzs seguidas

    ResponderExcluir
  59. Penso que se afastar não é a solução. Mesmo porque energias que são contrárias não se encaixam... divergem. Logo acredito que a proposta é se manter reto em nossas metas de evolução. Ciente que todos, sim, todos somos irmãos. É muito fácil descartar o "mau", acredito que o melhor seja orar, olhar nos olhos dessa pessoa e dizer: meu irmão, você é amado, não tema! Acredite! Todo o mal que é feito ao outro nada mais é que um mal que retornará para nós. Convivo com pessoas assim e não acredito no acaso. Lógico que não são pessoas que divido minhas alegrias, até para não instigar o mal que existe nelas, mas não deixo de mostrar que somos iguais, e que a diferença é feita única e exclusivamente por nós! Amém.

    ResponderExcluir
  60. Uau realmente eu precisava ler isso, aprender a transformar energia negativa em positiva, é bom, realmente tem pessoas que nos modificam, e nem sempre conseguimos ficar afastadas delas, pois as vezes não depende de nós mesmos. Mas é bom saber, grande post esse. Parabéns por coloca-lo aqui.

    Bjus Elis!!!

    ResponderExcluir
  61. Queridos Amigos... Afinal quem Criou a pessoa Tóxica?, não foi o mesmo Criador da pessoa não toxica? e eu quando estou com a pessoa tóxica vejo a seu veneno? ou vejo o AMOR de quem a CRIOU?.... Se eu vir o seu veneno então é melhor fugir dela... Se eu VIR quem a CRIOU, que está sempre com ela e se esconde por detrás desse veneno, não necessito de fugir pois o meu encontro em si É abençoado por aquele que Habita em mim e em todos...

    ResponderExcluir
  62. Boa Tarde Marcia... gostaria de saber se em sonhos , quando acontece de interagir com pessoas assim , é possível tal contaminação, pois ao acordar , é como se tivesse participado de uma maratona . Fico o dia todo , ruim , mal estar , e só depois de algum tempo , lembro de um sonho atribulado e agonizante.
    aguardo sua resposta. Bj... Ligia .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso acontece muito em viagem astral, quando o espírito sai do corpo durante o sono.

      Excluir
  63. Não conheço pessoas assim. Acredito que todos têm defeitos, falhas e carências emocionais. Alguns sabem administrar estas características menos que outros e nem por isso devem ser rejeitados. Acredito que mesmo as pessoas que julgamos más aparecem em nossa vida para nos ensinar algo. Todos têm seu valor. Libere mais amor e nunca mais você encontrará uma pessoa "tóxica".

    ResponderExcluir
  64. Convivo com pessoas assim e me tornei falsa, fofoqueira e covarde pois não assumo nada do que digo,não quero culpar a ninguem pois sei que sou a unica culpada de ter sido tão fraca,quero mudar mas não sei por onde começar,quero ser verdadeira, amiga e fiel como posso me tornar uma pessoa melhor,não quero morrer assim.

    ResponderExcluir
  65. Convivo com sete bilhões de pessoas com alguns desses sintomas. Como faço para para me afastar delas?

    ResponderExcluir
  66. Este texto, da publicação, me parece ser redigido por uma pessoa com sérios problemas de aceitação. Própria inclusive. Porém, como as pessoas, em geral, apreciam o que é ruim (funk, Michél Teló, Axé, Paulo Coelho etc), se deixam enganar. Talvez o manipulador seja quem tanto critica o que não compreende.

    O mundo é mais vasto e belo do que isto. E nem sempre, as pessoas descritas no texto são ruins. Talvez elas só precisem de ajuda... Ou não! E, muitas vezes, pode até ser apenas você que não as compreende.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  67. Adendo.

    Não acredito em pessoas doentes. Existe sim, um desconhecimento generalizado sobre muitos aspectos do ser humano.

    ResponderExcluir
  68. " Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte;Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus." Mateus 5:14-16

    ResponderExcluir
  69. " Não tendo eles com que pagar, perdoou a ambos. Qual deles, pois, o amará mais?" Lucas 7:42

    ResponderExcluir
  70. " Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? não fazem os publicanos também o mesmo?" E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os gentios também o mesmo?" Mateus 5:44-47

    ResponderExcluir
  71. Recomendo a leitura do livro o monge e o executivo de James C. Hunter no capítulo entitulado: O Verbo. Neste há uma boa palavra sobre o amor... Me ajudou bastante e gostaria de compartilhar com vocês. Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  72. Particularmente gostei do texto como uma forma de refletirmos sobre sentimentos não positivos nos quais devemos combater e nos esforçar para ser sempre uma pessoa melhor, uma tarefa que não é tão fácil assim mas temos que tentar diariamente.

    Porém estou refletindo sobre duas perguntas, o que nos dá o direito de nos julgarmos melhor do que as pessoas tóxicas? e porque atraimos pessoas tóxicas? Será que em algum momento de nossas vidas não tivemos os mesmos comportamentos das pessoas tóxicas e agora estamos recebendo de volta o que plantamos.

    Se afastar de pessoas é fácil mas depois de um tempo sempre surgem novas pessoas com essas características, por que estão em afinidade com as nossas energias, não seria mais prático, simplesmente cortar o mal pela raiz e vigiar o nosso próprio comportamento para que assim possamos atrair pessoas com melhor energia e com mais afinidade com nossa nova pessoa.

    Quem de nós não gostou de receber um abraço amigo ou alguém que lhe enxugasse as lágrimas em um momento difícil? Se nos afastarmos de todos apenas porque surgiu um problema, sera que quando surgir um na nossa vida ainda teremos alguém em volta ou todos também não vão se afastar de nós.

    Acho melhor do que cortar e reduzir o contato por algum tempo e quando isso for necessário e a pessoa vier falar de outra pessoa ou se falar coisas depreciativas sobre si ou sobre o outro, devolvermos com a seguinte pergunta: E o que você viu de bom?

    ResponderExcluir
  73. LEI DO SILÊNCIO:

    Cada vez que você critica alguém ou faz comentários sobre briga de vizinhos, sobre assaltos, problemas pessoais ou ciúmes, aumenta a energia negativa que acaba somatizando nos corpos sutis até chegar ao corpo físico, seja como doenças, acidentes, etc.

    É preferível se calar a falar palavras negativas.

    LEI DA PROJEÇÃO:

    Essa lei ocorre quando você se projeta, inconscientemente, no outro. Por exemplo: alguém tem uma qualidade que você admira. É porque você tem essa mesma qualidade guardada no seu subconsciente.

    O mesmo acontece quando você não gosta de determinado comportamento ou defeito de uma pessoa, significa que você tem o mesmo comportamento ou defeito dentro de si mesmo e, como não consegue identificá-los, se projeta no outro.

    ResponderExcluir
  74. Cuidado ao tentar ajudar pessoas toxicas, você deverá estar muito bem preparado para isso, pois elas tentaram arrastar você para o nível delas e uma vez lá, você será vencido. Se não tiver preparado para isto, nem tente, afaste-se, afinal, não é porque você sabe nadar que irá tentar salvar um afogado, se tentar morrerá junto, pois ele te agarrará e ambos irão sucumbir. Existem pessoas com preparo para isso.

    ResponderExcluir
  75. Acabei me contaminando num local cheio de vampiros tóxicos arrogantes e temo ter ficado igual a eles...o que fazer??
    Obrigado!!

    ResponderExcluir
  76. Julgo que o texto não se refere a pessoas tristes, ou a passar uma má fase, mas sim a pessoas que persistentemente trazem mal-estar à vida das pessoas que os rodeiam. Têm um auto-conceito elevado, uma arrogância e uma linha de vida bem definida. Ou assim o afirmam. Têm ideias bem definidas acerca de como as pessoas que os rodeiam deveriam proceder e ficam desiludidos, magoados quando as pessoas não correspondem ao que deveria ser, na sua visão de vida. E descartam essas pessoas, pois são verdadeiramente incapazes de perceber como as pessoas que os rodeiam erram , estão condicionadas pelas suas vivências e realidades ou simplesmente têm outros anseios, ambições, que incompreensivelmente para eles, não concorrem ou colidem com os deles. Tipicamente acusam preventivamente os outros do comportamento que estão a ter (egoísmo, egocentrismo) e constroem uma explicação para o mundo, para as sequências de eventos em que a sua participação, porque bem intencionada (ou não, poderá haver casos) foi sempre boa. Não conseguem mesmo perceber que podem ter sido mal interpretados, ou que simplesmente outros podem ter outra leitura, cometido erros, ter objectivos que não contribuam ou mesmo que colidam com os deles. Defeito? Hum, característica. Por norma também são pessoas inteligentes e determinadas e daí a dificuldade de se argumentar com elas. Por norma, também não iriam ouvir. E magoam quem os rodeia e não se enquadra na forma como entendem como as coisas deveriam ser feitas. E magoam-se, porque vêem maldade e deliberação onde apenas houve erros e sequências de eventos. Devemo-nos afastar? Pela sua falta de empatia e compreensão tendem a ficar sózinhos. Não conseguem aceitar que as pessoas podem estar do lado deles e não fazer exactamente como ELES acham. Portanto, acho que não devemos “correr” com eles. Para já porque são eles que correm connosco. Inicialmente sente-se a falta das coisas boas, que como humanos que são também têm. Depois reconstrói-se uma paz interior. E nessa paz interior tento estar atenta à ditas pessoas que me foram tóxicas. Porque sinto sempre uma tristeza, uma solidão nuclear que eles não se apercebem que têm Pode ser imaginação minha, mas acho mesmo que precisam que se fique do lado deles. Porque se um dia a vida lhe mostrar que seria mais fácil, mais feliz se percebessem que todos cometemos erros, que todos temos visões diferentes e que a verdade é um conceito relativo vão descobrir que afinal enxotaram muitos amigos e muita gente que afinal era mais válida do que parecia. E perderam vivências e anos nesse deserto do seu absolutismo. Agora tento ao máximo criar uma distância cautelosa, higiénica que permita a manutenção da minha saúde, nas suas vertentes, física, mental, emocional. E chegar a essa patamar não é fácil. Porque as pessoas não são boas nem más. São assim. Temos que perceber é como nos fazem sentir. E pagar os preços da sua presença ou ausência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, não existe certo e errado, bom ou mau... cada um está no seu grau evolutivo... E toda escolha tem suas consequências e responsabilidades.

      Excluir
  77. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  78. Não se esqueçam da lei da atração. Pergunte a si mesmo por que tem atraído tantas pessoas tóxicas. Qual sua visão do mundo? Sua vida sempre comprovará sua própria teoria: se vc tem uma visão de que o mundo e as pessoas são péssimas, assim será. Cuidemos de nossos padrões de sentimentos, pois tudo volta pra gente. E lembremos que enxergamos nos outros somente o que temos em nós mesmos (projeção de personalidade). O Deus que habita em vc também habita em seu "inimigo", lembre-se disso. Se uma pessoa está nessa vibração baixa, é por pura ignorância. Um dia, ela também há de elevar suas vibrações, o que pode ocorrer somente daqui a várias vidas, tudo tem seu tempo. A luz é a tendência natural e inevitável a todos. E há formas de nos protegermos de vampirismo energético. O conhecimento está disponível, é só ir atrás. Compaixão para estes seres (e nunca dó, pois todos são capazes). Lucidez e paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom Adriana! Parabéns pela lucidez!

      Excluir
    2. Obrigada Márcia, mas é muita busca mesmo, não só por meio das palavras e CDs de bioenergias do Marcello Cotrim, como também do Luiz Gasparetto, que é polêmico e abusado mas eu adoro! Adoro esses assuntos e pesquiso em muitas outras fontes, pois estou buscando melhorar como ser humano. Quem nunca, na ignorância, se vitimizou e acabou mesmo sendo um vampiro de energia por pura ignorância? E aí aquilo se torna um ciclo vicioso de lamentações e mais coisas nada agradáveis e mais sofrimento.

      O mais importante e difícil é aplicar a luz no dia a dia, todos os dias, mas devagar chegamos lá!

      Pelo jeito vc também gosta desses assuntos, então fica a dica de um áudio que escutei hoje, uma canalização linda e explicativa!

      http://www.youtube.com/watch?v=HS78uv884Q8#t=24

      Abraços e muita luz pra vc e todos aqui!

      Namastê _/\_ =)

      Excluir
    3. Obrigada Adriana, ouvirei com atenção.

      Estamos no mesmo barco, na rádio mundial eu ouço 4 terapeutas: Marcello Cotrim, Luis Gasparetto (adoro os puxões de orelhas que ele dá) Valcapelli e Cristina Cairo. mas principalmente os dois primeiros. e consulto bastante o professor Google...rs

      Excluir
  79. Me perdoem, mas, não posso concordar. Por estar no mesmo planeta, já estamos suscetíveis à estas influências. O que ocorre são afinidades que se misturam. É o princípio da sintonia vibratória. Quem escreveu certamente irá escrever outra coisa daqui à um período de amadurecimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pergunta para refletir: Será que qdo uma pessoa decide se afastar da outra não seria um sinal de que não está mais havendo sintonia ou afinidades? Hã?

      Excluir
    2. Simplesmente, as pessoas crescem, evoluem (ou não, é polémico) e por vezes em sentidos divergentes. Se isso é perda de sintonia ou afinidades? Se calhar já aprendemos tudo o que tínhamos para aprender, já caminhámos tudo o que havia para caminhar com essa pessoa. E do que aprendemos e construimos, fizemos uma leitura diferente e partimos em diferentes direcções.

      Excluir
  80. Me ajudou muito obrigada estava sofrendo muito. Parabéns pelo texto é uma coisa que acontece com muita gente.

    ResponderExcluir
  81. PARABÉNS PELO TEXTO. MUITO, MUITO VÁLIDO MESMO!

    ResponderExcluir
  82. ALTO LÁ SENHORAS E SENHORES! O TEXTO É MUITO LINDO E TUDO MAIS!! MASSSSSSSSSSSSS, FICA PARECENDO QUE SÓ EXISTE UMA PESSOA RUIM, MALDOSA ETC, E QUE TODAS AS OUTRAS QUE ESTÃO AQUI NO MOMENTO INCLUSIVE VOCE,,SAO VITIMAS CERTO?
    ACONTECE QUE O TEXTO SE REFERE A TODOS NÓS!E É INERENTE DO SER HUMANO, TER TODOS ESSES DEFEITOS LISTADO NO TEXTO, AI CABE A CADA UM, VER O SEU DEFEITO E EM QUE GRAU QUE ELE SE ENCONTRA E SUPRIMI-LO, AMENIZA-LO ETC...SENDO ASSIM, AQUI E NENHUM LUGAR. NÃO TEM SÓ ANJINHO BLZ? FAÇA A SUA PARTE! AQUELA PESSOA RUIM QUE PASSA MAUS FLUIDOS E TUDO MAIS QUE ESTA ESTE TEXTO. PODE SER VOCE MESMA!!!QUANDO A GENTE LÊ ESTE TEXTO, DA UMA SENSAÇÃO DE QUE NÓS SOMOS AS MAIORES VITIMAS E CAI COMO UMA LUVA, PRA JUSTIFICAR TODOS NOSSOS PROBLEMAS , FRACASSOS ETC...REFLITAM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NO MUNDO HÁ DE TUDO E REALMENTE CONCORDO CONSIGO ... QUANTO MAIS CONHECEMOS E LIDAMOS COM ESTAS PESSOAS MAIS IMUNES FICAMOS A ELAS ... ELAS EXISTEM EM TODO O LADO... NÃO HÁ MANEIRA DE FUGIR MAS SABER DEFENDER BEIJO

      Excluir
  83. Em minha navegação diária pela internet, me deparei com a seguinte postagem: http://bit.ly/19scPuE “Afaste-se das pessoas que lhe fazem sentir-se mal”. Resumindo, ele diz sobre pessoas tóxicas, que nos influenciam e até nos corrompem, que sugam a nossa energia, pois não possuem luz própria.
    Bem, se me permitem, gostaria de complementar um pouco, digo que nenhum de nós, humanos, possui luz, exceto a maioria das crianças, no entanto todos possuímos energia. Todo ser humano age como um vampiro, drenando a energia das pessoas e dos lugares – não é coincidência vivermos em cima de uma gigantesca esfera viva – e é por causa disso que é tão fácil ser “intoxicado”. Mas é uma relação simbiótica, ou seja, ao mesmo tempo em que pegamos a energia do exterior, damos do nosso interior. É esse o porque do “O Cortiço” do livro de Aluísio Azevedo corromper, o paraíso de Adão e Eva e até a casa do American Horror Story. Tudo está tecnicamente vivo, se você partir do princípio de que basta ter energia para se estar.
    O que as pessoas chamadas cheias de luz fazem é manipular essa energia interior, saber lidar consigo, filtrando toda a sujeira do ambiente e devolvendo para o mundo externo uma energia que reluz, capaz de tocar as pessoas ao redor. Assim como existe o inverso, pessoas que possuem a energia tão negativa que deixam o clima pesado, sombrio e até causam certas desavenças, mesmo se a intenção.
    Cada ação gera uma reação e digo isso de forma literal, quando você apenas se alimenta da energia do universo, não a devolvendo de nenhuma forma, essa força fica cada vez mais instável dentro de você e torna-se perigosa. Por isso é tão ruim guardar rancor, ou até mesmo um amor reprimido.
    Abra as gaiolas de seu corpo, deixe a energia fluir livremente, seja para fora ou para dentro e lembre-se que todos temos o poder de transformar energia negativa em positiva, basta saber ganhar um sorriso, mas cuidado, muito cuidado, existem pessoas que querem apenas drenar e conservar essa energia para si e elas fazem isso de forma consciente.
    Vídeo que achei por “acaso” http://bit.ly/L0tytZ
    Música bônus http://bit.ly/1dnVYc9
    Blog: http://bit.ly/1hSixGA

    ResponderExcluir
  84. Há de ter muito cuidado para que não se cometa prejulgamentos/preconceitos pois já tive a oportunidade de presenciar pessoas cometendo injustiça ao classificar pessoas criticas, que agregam valor com os seus posicionamentos, como pessoas que fazem com que se sintam mal em razão de divergências de opinião. Fé, entendimento, maturidade e compaixão, entendo serem pontos fundamentais para que as pessoas possam viver e conviver bem.

    ResponderExcluir
  85. Humm..mas se esqueceram de DEUS!
    Se formos nos afastar de tudo isso.nós também seremos uma ILHA na imensidão do mundo.Nós tambem seriamos egoistas e vazios.
    Nós também viveriamos isolados no nosso "mundinho"......
    Busquemos á DEUS, e o resto nos será acrescentado....Não joguemos as pessoas FORA,pois estaremos agindo como os egoistas,....Façamos tudo para a PAZ E pela PAZ....."Há tempo pra tudo debaixo do céu" Eclesiastes 3.

    ResponderExcluir
  86. Achei o texto bem interessante, mas existem situações como no trabalho por exemplo, que não temos como nos afastar dessas pessoas fétidas. Você poderia dar dicas de como conviver com essas almas podres? Seria muito válido.

    ResponderExcluir
  87. Eu sou uma pessoa assim, mas não sou má... sou crítica e quero sempre estar certa... mas sei que isso acaba afetando as pessoas, o que devo fazer?

    ResponderExcluir
  88. Muitas vezes nos casamos com alguém assim e embora seja fácil livrar-se por meio do divórcio, a criatura transfere toda essa toxicidade para os filhos que não têm nada com isso...

    ResponderExcluir
  89. Infelizmente conviver com pessoas nos deparamos com isso! Temos que orienta-las até certo ponto e se não tiver jeito, temos que nos afastar! Em matéria de casamento é muito importante o namoro e ser bem criterioso na sua escolha, NAMORO serve para isso ver se a pessoa fará bem a nossa vida. Depois que casou é outra coisa. Em 1 Corintios 7 é claro que a pessoa pode separar-se mas NÃO PODE casar-se novamente com o conjuge ainda vivo! Então escolha no NAMORO muito bem seu conjuge!

    ResponderExcluir
  90. Perfeito texto ! temos que nos AFASTAR ! e ORAR , conviver ?JAMAIS ! esse tipo de pessoa nao faz bem , nem espiritual , material e saude ! manter a distancia e a melhor saida , e orar para que Deus tenha misericordia , misericordia ...

    ResponderExcluir
  91. Quanto a mim apenas um breve conceito: A "escuridão" é apenas e só...a ausência de "luz". Espiritualmente falando...temos que dar "Luz" a quem anda às escuras. Afastarmo-nos, talvez, não seja o melhor para quem precisa de se encontrar...

    ResponderExcluir
  92. O comentário da Maria Laura foi o mais sensato de todos! Parabéns!

    ResponderExcluir
  93. ^^ kkk Todo mundo tem argumentos.. mas brigam pra karalho... ^^

    ResponderExcluir
  94. se te consideras um sincero cristão, honra então o ensinamento do CRisto que diz; "Meu Pai NÃO faz acepção de pessoas"....e que aquele que nunca "pecou" que atire a primeira pedra...;Sabe-se la quantas pessoas VOCÊ ja assassinou estrupou, tortorou ou corrompeu para chegar até aqui??? por certo em algum momento recebeste compreensão e amor incondicinal, de uma mãe, de um irmão de um amigo, que te tirou daquele estado vibratorio....Evitar as pessoas, não as ajuda nem cura ninguem... so os fracos medrosos, e incapazes de amar, agem assim...Porisso o Cristo declara; "MEU CAMINHO é PARA OS FORTES"!

    ResponderExcluir
  95. Para quem não sabe como lidar com pessoas que consideram toxicas ou que sugam sua energia e te faz mal, sugiro ler esse tópico:

    http://causaemocional.blogspot.com.br/2014/02/aceitacao.html

    ResponderExcluir
  96. http://wikiin.net/saude/ataque-cardiaco-risco-triplica-apos-sexo-ou-exercicios-fisicos/

    ResponderExcluir
  97. Antes de ignorar explique a elas o que fazer ai de um espaço a elas...Se não resolver com o tempo deixe-as.
    www.falundafa.org

    ResponderExcluir
  98. Precisamos tomar muito cuidado com essa ideia,pois Jesus ia ao encontro dessas pessoas,Ele é o nosso modelo,e outra coisa as pessoas merecem o nosso amor,os excluídos precisam dele(do nosso amor). Leia Isaías 41:10 e 43:1,3

    ResponderExcluir
  99. Nossa só faltou falar o nome do meu ex marido, exatamente igual

    ResponderExcluir
  100. Concordo completamente com o seu post, mas acabei vendo nos comentários que muitas dessas pessoas passaram por aqui, fazendo críticas severas de maneira que não contribuem para o bem viver. Alguns citaram que Jesus foi ao encontro de todos e demonstraram que leem a Bíblia, mas vivê-la ao pé da letra... Qual o cristão que consegue??? Quem já conviveu com uma pessoa TÓXICA e soube reconhecê-la e se afastar, consegue ser muito mais feliz e próximo de Deus... Eu sei o que é isso! Felicidade a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Marilia... Cada um tem sua compreensão. Eu prefiro nem contestar as opiniões contrárias pois cabe a cada um, exclusivamente, se avaliar e refletir. Muitos falaram que nós mesmos podemos ser toxicos para outros e é verdade, mas tb acho que a partir do momento que lemos algo desse tipo podemos fazer uma auto-análise e perceber o que está de errado em nosso comportamento para podermos melhorar. Eu concordo qdo vc diz que quando estamos bem e felizes estamos muito mais próximos de Deus.

      Excluir
  101. Muito bom! Lendo aqui parece que descreveu algumas pessoas que convivi e hoje não convivo mais. É exatamente essa sensação de intoxicação, e me via preso e amarrado a essas pessoas e ao mesmo tempo sendo pisado por elas. Passei por um momento que afastei de muita gente até de quem não queria pois era uma turma todo mundo junto.. e hoje estou trazendo de volta só quem me faz bem e me quer bem de verdade.
    Adorei o texto! Obrigado

    Samir Zapte

    ResponderExcluir
  102. Eu tenho tanta e forte tendência para me deparar e "atrair" essas pessoas que às vezes paro para pensar: será que são elas assim ou sou eu e não consigo enxergar em mim? Será que o problema está em mim? Tenho medo de descobrir que sou uma pessoa assim porque isso é muito ruim e faz muito mal aos outros assim como me faz mal por demais!
    Convivi e convivo com pessoas que tem esse terrível "poder" de sugar minhas energias de tal forma que passo mal dentro de mim mesma.
    É bom pararmos um pouco, ler esse texto, pensar, refletir, se dentro de nós existe algum resquício desse veneno que nos contamina no decorrer de nossas vidas seja através da convivência familiar, seja através de ditos "amigos" que nos sugam até não ter mais o que sugar de bom em você e introduz o veneno deles em você e buscar um antidoto para nos purificar!
    Limpemos nossos corações!
    Deus é o antidoto com TODO O SEU AMOR DE PAI!
    Que Ele possa lavar, limpar, purificar e curar nossos corações e nos dar sabedoria para conduzir situações onde muitas vezes, não sabemos o que fazer, como agir porque parte de pessoas que estão ligadas em nós por laços indissolúveis!
    Quando se trata apenas de "amigos" é fácil você dar um basta! Mas, quando se trata de mãe, filhos, irmãos, o que fazer?

    ResponderExcluir
  103. Afastar-se enquanto ainda não estamos totalmente corrompido.
    É leve tamanha aproximação que muitas vezes apenas agimos de forma que envergonhamos a nós mesmo.
    Aprendendo a se livrar...

    ResponderExcluir
  104. "É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro. Evita o aperto de mão de um possível aliado. Convence as paredes do quarto e dorme tranquilo, sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo." Já dizia Raulzito na música Por Quem os Sinos dobram. Tudo no universo é interligado, a escuridão nada mais é do que ausência de luz. Nada nem ninguém passa por nossa vida por acaso, até mesmo os ditos "maus" acontecimentos e "más" pessoas. Sim, existe o livre arbítrio, a capacidade de escolher com aonde estar e com quem estar ao seu lado, independente dos critérios estabelecidos para tal escolha. Lembrando que os critérios, serão frutos do seu condicionamento, ou seja, visão de mundo adquirida. As pessoas que supostamente despertam sentimentos negativos em nós mesmos, estão sendo julgadas como pessoas "tóxicas", é um ponto de vista estabelecido pelo critério de quem assim opina (o seu "eu" reponde através do condicionamento). Porém, existe uma outra visão, não mais certa, porém alternativa e oriunda das variadas possibilidades de se ver o mundo. Pessoas que supostamente despertam sentimentos negativos em nós mesmos, podem ser encaradas como aliadas na nossa caminhada terrena. Essas pessoas aparecem ou juntamente com nós criam circunstâncias que interagem com o nosso organismos, consequentemente manifestando sentimentos ruins (energias ruins), porém, se olharmos por outro lado, o aliado refere-se a nos mostrar pontos obscuros em nós mesmos, nossas sombras inconscientes que necessitam ser melhoradas e dissipadas, e que não se fariam presentes se tais aliados não fizesse assim manifestar. O que está inconsciente deve ser trazido para a luz da consciência, pois pelo contrário, agiremos sempre em função de algo que desconhecemos em nós mesmo, consequentemente apontando os outros como culpados pelas nossas mazelas psíquicas."

    ResponderExcluir