Translate

Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de setembro de 2016

CAXUMBA OU PAROTIDITE

SENTIR-SE IMPOTENTE DIANTE DOS FATOS



É uma doença provocada por vírus, geralmente causando aumento doloroso das glândulas salivares. Embora possa ocorrer em qualquer idade, a maioria dos casos ocorre em crianças com idade entre cinco e quinze anos.
O sintoma mais comum é a dor ao mastigar ou engolir, especialmente ao deglutir líquidos ácidos como vinagre ou suco de limão.
O que deixa uma pessoa vulnerável à caxumba é a extrema dificuldade em receber os acontecimentos da vida, a maneira dolorida com que recebe as idéias e os conceitos do ambiente. Sente-se impotente diante da situação e totalmente despreparada para absorvê-la. Os fatos são recebidos com muito ardor, por isso engolir algo ácido fere tanto.
O aumento das glândulas salivares com dor demonstra o quanto a pessoa se sente obrigada a engolir as situações, e a dor em ter que aceitar caracteriza bem a instalação da caxumba no organismo. Esse estado ocorre com mais freqüência em crianças pela necessidade de adaptação com o meio e pelo teor inabalável das idéias provenientes dos pais que são contrárias a seus princípios.
Metafísica da Saúde Vol. 3



GLÂNDULAS SALIVARES 

SENTIR-SE PREPARADO PARA OS ACONTECIMENTOS 

A secreção do fluxo salivar favorece a mastigação e deglutição dos alimentos, lava as bactérias e os restos de comida dos dentes e favorece a limpeza oral. 

 A presença da saliva também demonstra um preparo da cavidade bucal para a recepção dos alimentos e o início do processo digestivo. Quando estamos colocando a comida no prato, apanhando-a com o garfo e levando-a à boca, já ocorre a secreção salivar, causada por um estímulo puramente psicológico e não físico. É claro que, quando o alimento está na boca, a secreção de saliva aumenta de acordo com a necessidade de maior ou menor fluxo, para facilitar a deglutição. O estímulo psicológico pode ser constatado quando pensamos num prato saboroso e a boca se enche de saliva. 

 A boca umedecida pela saliva é uma condição primordial para a recepção e absorção dos alimentos. 

 As glândulas salivares têm uma relação com o prazer: quando gostamos de algo, salivamos. Existe até um dito popular que se refere a "estar babando de vontade". Esse fato é notório nos bebês: quando eles gostam de algo ou de uma pessoa, sua salivação aumenta. 

 A produção de saliva representa o preparo interior e sua predisposição em receber os agentes externos: as idéias, situações e fatos da vida. Seu bom funcionamento ocorre quando a pessoa quer e sente prazer em receber o novo. 

Os problemas nessas glândulas podem surgir quando nos recusamos a aceitar os fatos ou perdemos o prazer na vida. 

Metafísica da Saúde Vol. 3

2 comentários:

  1. E quando a caxumba "desce" para os órgãos genitais, qual seria a explicação metafísica?

    ResponderExcluir