Translate

Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

RONCO

NÃO ABRIR MÃO DE SEUS VALORES OU PONTOS DE VISTA 






O ronco é decorrente da vibração do ar ao passar pelos brônquios e traquéia, com secreção. 
 No âmbito metafísico, a pessoa que ronca permanece presa às velhas crenças. 
Insiste em mantê-las, criando argumentos para convencer os outros de que está com a razão. Não se trata apenas de um teimoso, mas alguém que julga ser dono da verdade. 
 O ronco pode se manifestar em qualquer idade. Até os jovens que fazem questão de impor seus pontos de vista a qualquer custo também roncam. 
 É complicado conversar sobre determinados assuntos com alguém que apresente esse perfil, pois ele quer ter sempre razão, não se abre para um diálogo consciencioso. 
 Além da teimosia e da inflexibilidade no diálogo, as pessoas que roncam geralmente são controladoras. Na insistência de manter o poder ou defender seu ponto de vista, não relaxam nem para dormir. Durante o sono mantêm registrada uma mensagem no subconsciente: "Preciso dormir, descansar, mas não posso largar mão da situação nem amolecer perante os outros". Tudo isso provoca uma tensão que estimula a secreção na traquéia e brônquios, ou forma uma pequena saliência, causando o ronco. 
 A vibração causada no palato identifica bem a dificuldade de moldar-se aos fatos do cotidiano, que não correspondem ao modelo ideal de vida que traz consigo. Sua atitude endurecida na distinção entre o que gostaria e a realidade dos fatos é que estimula a secreção na região da garganta durante o sono, fazendo vibrar o palato e provocando o sonido desagradável do ronco. 

Metafísica da Saúde Vol. 1

33 comentários:


  1. Às vezes seria melhor pesquisar antes de escrevar tanta imbecilidade.
    http://drauziovarella.com.br/letras/r/ronco-2/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que mentirada...sou totalmente diferente do q ta escrito aí e não deixo meu marido dormir de tanto q ronco....kkkkkkkk

      Excluir
    2. Fico pasma com tanta falta de informação das pessoas que se posicionaram contra o artigo. Quem tem que se informar são vocês! O artigo está correto. A metafísica de Aristóteles tem respostas para muitas dessas condições. É um universo repleto de conhecimento. Muitas de nossas doenças e problemas físicos são criados inicialmente por nossas posturas diante da vida para depois se instalarem no corpo físico, quando ai sim, precisam da intervenção médica. Mas, mesmo com tratamento médico, se a pessoa não muda suas atitudes e emoções negativas, acaba tendo os problema de volta.

      Excluir
  2. caramba que absurdo !!!! quanta besteira junta !!!

    ResponderExcluir
  3. Sim, claro claro. Obesidade e relaxamento natural dos tecidos conforme a idade passa não tem nada a ver com ronco. A causa mesmo é a teimosia das pessoa que não querem perder a razão nem quando dormem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse assim, TODO IDOSO roncaria!, e NENHUM adolescente roncaria!, estranho né? (Há mais coisas entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã filosofia - Shakespeare).

      Excluir
  4. Mas vc pesquisou Izilda?
    Esse Blog refere-se a metafísica (estude sobre) e provavelmente vc deve roncar!! rs
    Talvez seja melhor ampliar o seu rol de conhecimento antes de emitir seu comentário mal educado.
    Quando vc enxergar outros pontos de vista, talvez as pessoas venham a respeitar sua opinião e vc deixe de roncar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua resposta :-)
      Rita F.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Quanta idiotice junta, meu Deus. O ronco nao tem nada a ver com a personalidade. É um problema fisico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SINTO PENA DOS QUE DORMEM O SONO ETERNO DA IGNORÂNCIA, POR ESTES NÃO SÓ RONCAM DORMINDO MAS MUITO MAIS QUANDO ESTÃO ACORDADOS... COM CERTEZA NÃO AFETAM AOS QUE DESPERTARAM PARA A VERDADEIRA VIDA,APENAS SUSTENTAM O ROL DAS ESTATÍSTICAS DOS QUE AINDA RONCAM.

      Excluir
  6. Infelizmente eu RONCO! e não é pouco... é tanto q meu companheiro mtas x não consegue dormir... mas ele diz q n é so ronco, são os barulhos que faço com a boca.... ranjo os dentes também, tenho rinite, sinosite.... se sou teimosa? muito.... se terá a ver? não sei.... sou ansiosa tambem.... ele chega a bater me e eu não acordo! :) ja tentei uns adesivos, sprays, sei la que mais....

    ResponderExcluir
  7. Uma pessoa na minha casa tem exatamente essas mesmas caracteristicas e ronca todo dia . Claro q a pessoas q ron cam por outros fatores mas o apresentado e umacaracteristica certa

    ResponderExcluir
  8. Eu ronco muito, e tenho várias das características descritas! Preciso mudar, só não sei como...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou assim tb mas vi que essas características são bem eu. infelizmente a gente não faz por mal e nem imagina-se assim, mas os outros acabam achando que a gente é assim! É difícil muitas vezes encarar nossas fraquezas, mas isso foi um grande alerta e acredito muito que isso seja um fator relevante no ronco, pois não roncava e agora comecei com isso e sem dúvida percebo que meu comportamento ultimamente tem sido controlador.
      Vou tentar EFT, acupuntura sem agulhas, é excelente e muito fácil! Procure na internet, acho que é uma saída pra gente mudar!!

      Excluir
  9. tanta estupidez junta.... sim sr... kakkakakaka

    ResponderExcluir
  10. Interessante, o difícil mesmo é mudar! Mas aceitar nossos pontos fracos (defeitos) já é 50% do tratamento!

    ResponderExcluir
  11. Cada um é livre de fazer o que entender com o que lê aqui, mas devem abster-se de comentários depreciativos. Todos podemos opinar sem ofender. Pelo que leio neste blog, entendo que devemos encará-lo sob o ponto de vistas das emoções, ou não fosse o seu nome "Causa Emocional"; a vertente clínica é outra ;-)
    Não conheço o autor, mas acho o blog bastante interessante! Por favor não deixe de publicar... só 5 textos este ano? Quero mais! :-D
    Muito obrigada pela sabedoria e partilha, parabéns!
    Rita Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns a você também, Rita, pelo seu bom senso, discernimento, educação e respeito ao próximo.
      São pessoas assim que o mundo precisa.

      Excluir
    2. Parabéns a você também, Rita, pelo seu bom senso, discernimento, educação e respeito ao próximo.
      São pessoas assim que o mundo precisa.

      Excluir
  12. O corpo é o reflexo da mente

    Alguns estudos relatam sobre a maneira como certas doenças se manifestam no organismo através do comportamento das pessoas frente a determinadas situações ou na maneira como vivem. Quem nunca ouviu a expressão fulano(a) é um enfezado(a) ou fulano vive em cóleras., ou Fulano vive com o peso do mundo nas costas. A terapeuta e psicologa Cristina Cairo escreveu um livro de fácil leitura e muito interessante abordando o tema "A linguagem do Corpo". Realmente a forma como nos comportamos diante da vida atua diretamente na saúde física. Existem vídeos no youtube que são muito explicativos também.
    Pesquisem, saiam da leitura rasa e superficial e lembrem estamos falando metafisicamente.

    ResponderExcluir
  13. Verdade!!! Todos que gostam de ler qualquer artigo e ninguém obriga ninguém a nada ,portanto temos que respeitar as opiniões dos outros e não ofender as pessoas. Todos os dias discordamos de algo ou alguém e não ficamos debatendo !!! Isso se chama livre arbitreo e maturidade.

    ResponderExcluir
  14. Verdade!!! Todos que gostam de ler qualquer artigo e ninguém obriga ninguém a nada ,portanto temos que respeitar as opiniões dos outros e não ofender as pessoas. Todos os dias discordamos de algo ou alguém e não ficamos debatendo !!! Isso se chama livre arbitreo e maturidade.

    ResponderExcluir
  15. Sempre me disseram que se eu tô bêbada ou muito cansada, ronco. Mas me identifiquei completamente com o texto, no meu caso tem muito dessa parte psicológica.
    Aurora

    ResponderExcluir
  16. Eu adorei a matéria, e apesar de saber que é patológico, respeito e considero causas a nível metafísico, super válido, obrigado!
    Aos que Roncam, vocês nem sempre tem razão. ;)

    ResponderExcluir
  17. Querida Marilena Melo. De todos os depoimentos senti vontade de comentar o seu. Percebo o seu desconforto em relacao às pessoas do seu entorno que precisam de você e ainda assim a maltratam. Como parecem mais antagonistas às suas idéias, formas de agir e sentir eu me lembrei de uma leitura do evangelho que nis orientam no sentido de como perdoar sem necessariamente ficar "encangado" termo bem nordestino que significa: nao ficar ligado à essas pessoas. Faça o bem, perdoe e como perdoar? Só deseje o bem para essas pessoas, nao alimente raiva nem maus pensamentos ou nao deseje coisas ruins para eles. Alegre-se com o que de bom eles fazem e conseguem, mas fique longe deles. Se vc ainda quiser ajudar financeiramente ou com objetos, presentei e fique a distancia. Perdoar Marilena nao quer dizer abracar o inimigo. Continue desejando tudo de vom para eles. Abracos.

    ResponderExcluir
  18. É incrível como as pessoas que roncam nao aceitam mesmo as coisas ne..querem ouvir somente o que lhes agrada bem típico de quwm ronca mais fácil dizer q é besteira etc que tratar arrogância desculpem me vou generalizar mas essas pessoas arrogantes que roncam Sao insuportáveis de conviver que dirá dormir atrapalham a noite de todos tornam se inconvenientes nem viajar ficar hotel casa amigos da...pedi desculpas pq e específico aos prepotentes.

    ResponderExcluir
  19. Obrigado. Ajudou muito mesmo. Sim, tudo o que está escrito faz sentido. Só não fica muito claro o porque das vias aéreas relaxarem e as paredes acabarem grudando (como se fosse uma bexiga com o ar sendo sugado ao invés de inserido). A menos que seja um mecanismo de mostrar que a pessoa realmente precisa de ar, de fôlego, respirar, relaxar e tomar um ar. Pessoas tensas geralmente não prestam atenção em sua própria respiração, às vezes nem sequer lembram que respiram. Portanto a receita seria abrir mão das próprias ideias, por melhores que elas sejam naquele determinado momento e mesmo que se encaixem, deixando também que outras pessoas ao seu redor hajam, mesmo que o trabalho não fique tão bom quanto você gostaria. Respirar mais, tratar a rotina com mais calma, realmente ir mais devagar, como uma pessoa se recuperando de uma doença. Quem ronca geralmente é ansioso, impaciente e extremamente rígido, do tipo que fica tenso o tempo todo. E só um esclarecimento para os inteligentes de plantão, toda doença que se manifesta no corpo físico é resultado da somatização no corpo emocional, isso é simples dedução lógica, portanto... Por mais que vocês citem médicos e especialistas no assunto, a única explicação que eles fornecem é a biomecânica do problema, como ele ocorre. Jamais vi um médico tradicionalista ou nutricionista explicar algo como essa doença (apneia) determinando sua causa original, o porquê justo "eu", "você", temos isso ou aquilo. Resultado, é sempre a genética, a má alimentação, a falta de exercícios, a necessidade de beber bastante água ao longo do dia, adquirir hábitos saudáveis, etc... Frases clichês e totalmente subjetivas, vagas. Por acaso um beduíno do deserto desenvolve apneia num lugar onde não há água alguma para beber? Você já viu um depressivo levantar da cama porque começou a comer frutas? Ao contrário... Ele(a) não tem vontade alguma de comer. Algum desses especialistas que adoram câmeras e atenção já tentou ir até as regiões mais pobres do país e explicar para aquelas pessoas que eles precisam incluir ômega 3 na alimentação? Ou mandar que tomem suplementos junto à sua dieta? Não né... Lá eles procuram o que comer, e nós criamos um problema na nossa alimentação parece que para dar um ar de ocupação e emoção à vida... Já perceberam isso? Que complicamos tudo porque tudo seria simples demais e sobraria tempo? Em resumo, antigamente procurava-se a solução na medicação, perfeito, concordo, hoje projetamos a solução na alimentação, não concordo, amanhã quem sabe finalmente... Comecem a buscar a solução administrando as próprias emoções, com terapia e mudança nesse maldito estilo social que nos condena a rotinas cada vez mais vazias...

    ResponderExcluir