Translate

Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

PRESSÃO BAIXA

PRESSÃO BAIXA
Fuga pelo esquecimento.
Desejo de abandonar tudo



A pressão baixa é caracterizada pelo comportamento de fugir dos acontecimentos, inconscientizando as situações conflitantes. As pessoas afetadas pela pressão baixa, sempre que se deparam com episódios difíceis negam-se a enfrentá-los, querem esquecer que estão passando por tais problemas.
São derrotistas e sentem-se incapazes de superar alguns obstáculos do cotidiano. Não têm suporte emocional para lidar com as confusões do meio. Frustam-se com facilidade, principalmente quando algo sai diferente daquilo que imaginam.

A maioria dos acontecimentos inusitados provoca-lhes muita tensão, ficam confusas e embaraçadas diante dos problemas da vida pessoal. Decepcionados, recorrem ao isolamento; evitam até tocar no assunto para não sofrer ainda mais. Essa condição diminui sua capacidade de deixar fluir seus sentimentos.

A sobrecarga das tensões acumuladas provoca um desejo de abandonar a situação, para não se deparar mais com as confusões.
A queda de pressão pode chegar ao ponto de causar desmaios. A perda da consciência é uma condição oportuna, para a pessoa não assumir suas responsabilidades frente aos conflitos da convivência. Esse estado proporciona a sensação de que o problema desapareceu; mas, na verdade, a ausência da consciência não poupa as pessoas daquilo que elas têm para resolver em suas vidas.

As pessoas afetadas pela pressão baixa se deixam influenciar pelos outros ou pelas situações da vida. São propensas a se fazer de vítimas, colocando-se na condição de fracas e indefesas; geralmente caem nas garras dos dominadores, subjugando-se aos domínios dos outros.
Aceitar os obstáculos da vida e se propor a mobilizar seus potenciais para superar os desafios representa grande demonstração de coragem e força.

Todos passamos por situações difíceis, mas somente aqueles que não se deixam vencer conquistam uma vida saudável e feliz. E importante não se render diante das dificuldades da vida, nem tampouco se deixar abater pelas situações desagradáveis, entregando-se às frustrações.

Sinta-se em condições de resolver tudo aquilo que a vida impõe no seu caminho. Encare de frente seus problemas; não adianta sair pela tangente ou deixar para depois aquilo que deve resolvido hoje.
Confie em você e não dependa do auxílio dos outros para solucionar aquilo que cabe exclusivamente a você. 



METAFÍSICA DA SAÚDE VOL. 2

5 comentários:

  1. Essa foi eu...as vezes tenho recaídas...mas enfrento bem melhor as situações hoje em dia tanto que nunca mais tive quedas de pressão.

    ResponderExcluir
  2. Quando eu sei que tenho que ir algum lugar , parece qe ja fico na minha cabeça qe minha pressão vai cair , isso e uma tortura pra mim, eu quero me curar disso mais n sei como

    ResponderExcluir
  3. vou prestar atenção nisso, faz sentido pra mim

    ResponderExcluir
  4. olha, eu gostei disso. Percebi agora a pouco que toda vez que sinto muita vergonha de algo que esteja acontecendo comigo, minha pressão baixa na mesma hora e começo a me sentir mal e vim pesquisar se era nomral..olha aí...legal.

    ResponderExcluir
  5. Olha minha prima desenhada! Descreveu a Carlinha. rsrs. Vou mostrar isso pra ela e falar sobre isso com as leitoras do meu site. Obrigado pela informação.

    ResponderExcluir