Translate

Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

AVC (ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL)

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC) 
Sentir-se impossibilitado ou perdido na execução das atividades. 



Também conhecido como derrame cerebral, o AVC é uma doença séria que pode causar sequelas irreversíveis se a pessoa não for atendida rapidamente. 
 O acidente vascular cerebral é uma das principais causas de morte no mundo. As pessoas não percebem que estão tendo um derrame, por esse motivo não procuram o médico Ele é caracterizado pela lesão em um dos vasos sanguíneo que irrigam a região cerebral. 
Pode ser isquêmico ou hemorrágico.

 A maior parte dos derrames são isquêmicos, o vaso sanguíneo é obstruído por um coágulo que bloqueia a passagem de sangue e oxigênio para uma área do cérebro. Esse processo também é chamado de isquemia cerebral. 

 O AVC hemorrágico costuma ser letal. Ocorre quando a parede de uma artéria que irriga o cérebro é lesionada, provocando um sangramento numa área cerebral, formando um hematoma, que, mesmo em pequenas proporções, pode ter consequências drásticas à saúde e até mesmo por fim à vida. 

 O AVC, em geral, deixa sequelas que são mais ou menos graves, dependendo da área do cérebro afetada e do tempo que levou para a pessoa receber atendimento médico. 

 Na metafísica, o AVC é uma consequência da falta de habilidade da pessoa para lidar com o seu fluxo pela vida, principalmente diante das situações de poder. Quando ela tem de coordenar o desenvolvimento dos fatos existenciais e depara com sérios obstáculos, não consegue administrar com maestria a desenvoltura de suas ações. 

 Os obstáculos na verdade são decorrentes da limitação da própria pessoa, que impõe a si mesma uma responsabilidade excessiva, desrespeitando sua natureza interna. Por esse motivo, se vê cercada de problemas, tornando praticamente impossível alcançar seus objetivos. 

 Para superar os bloqueios e as limitações, a pessoa deve aceitar suas restrições, empenhar-se nas tarefas, dando o melhor de si, mas sem cobrar o impossível. Ter firmeza naquilo que faz, mas não ser rude para consigo mesma. Diminuir o drama, deixando de se queixar da sobrecarga de atividades. Adotar uma relativa naturalidade, que promove a leveza e boa fluidez dos acontecimentos. 

Resumo: Metafísica da Saúde Vol 4



3 comentários:

  1. Otimo artigo. Vai me ajudar muito. Sou dessas pessoas que tenta resolver tudo.

    ResponderExcluir
  2. Otimo artigo. Vai me ajudar muito. Sou dessas pessoas que tenta resolver tudo.

    ResponderExcluir
  3. Preciso aprender a resolver as coisas com leveza. Sou muito ansiosa querendo resolver tudo rapido e do meu jeito.

    ResponderExcluir