Translate

Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

SINUSITE

PROFUNDA IRRITAÇÃO COM ALGUÉM BEM PRÓXIMO 
DECEPÇÃO PROVOCADA PELAS EXPECTATIVAS 






Processo inflamatório dos seios paranasais, que são cavidades nos ossos do crânio ao redor do nariz e que se comunicam com as fossas nasais. Em virtude dessa comunicação, as infecções e alergias das fossas nasais facilmente se propagam para os seios paranasais e vice-versa. 
 Os sintomas da sinusite são dor de cabeça logo acima do nariz e na região frontal, coriza, obstrução nasal, podendo haver também tosse, febre, irritação ocular e dor de garganta. 

 Segundo Jack M. Gwaltney, pesquisador da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, "a sinusite não é uma complicação da gripe, mas uma parte integrante dela." 

 A causa metafísica da sinusite é uma grande irritação com alguma pessoa de seu convívio diário. O freqüente contato com a mesma só aumenta a sensação de incômodo. Esse mal-estar ocorre devido ao comportamento que o outro apresenta, chegando esse fato ao ponto de provocar uma sinusite. 
 A ira é proveniente das expectativas feitas sobre aquela pessoa. Ê muito comum nutrirmos esperanças acerca de alguém. Quando não somos correspondidos, vem a decepção. Na medida em que formos realistas e encararmos a realidade, conseguiremos superar o choque e administrar as divergências, sem comprometer nosso estado de humor. 
 Em relação a algumas pessoas intimamente ligadas a nós, é difícil abandonar a carga de expectativas projetadas. Por exemplo, uma mãe que idealiza ver seu filho formado e bem-sucedido numa determinada carreira ficará revoltada se por algum motivo ele abandonar os estudos. 
 Na relação conjugai existem muitas expectativas sobre o parceiro. Durante a convivência, um vai se revelando para o outro. Nesse momento podem surgir as decepções. Geralmente quem mais se abala é aquele que levou para o relacionamento 
uma série de sonhos. Por causa das frustrações surge a indignação, que precede os casos de sinusite. Outra situação que pode desencadear as causas metafísicas da doença é a da criança que se decepciona com os pais. Com a queda do mito, ela se revolta e passa a conviver irritada. 

 Pode-se dizer então que a sinusite surge porque a pessoa não sabe trabalhar com as expectativas feitas sobre os outros. 
 Na maioria dos casos, em vez de expressar de alguma forma o que sente, prefere omitir esses sentimentos, para se fazer de boa companheira. Já outras vivem falando, mas não são ouvidas; nesse caso ficam ainda mais irritadas por não receberem a devida atenção. 

Metafísica da Saúde Vol. 1


19 comentários:

  1. Compartilho esse ótimo aprendizado que recebi hoje é me ajudará muito ☺️

    ResponderExcluir
  2. Exatamente o meu caso. Meu filho é a decepção. Vou trabalhar isso. Muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Li a matéria e tenho certeza absoluta que está corretíssima em falar sobre parentes próximos. Pois infelizmente minha mãe quer que eu seja o que ela quer e não que eu quero e assim a vida fica difícil para ambas e principal com a minha sinusite que tenho quase durante os 365 dias do ano. aff.... o carma terrível.

    ResponderExcluir
  4. Muito verdade!! Senti na pele tudo isso!

    ResponderExcluir
  5. Muito certo e me fez um clic, pois estou com uma crise de sinusite e penso ser exactamente essas as causas, convívio indesejado decepção no meu trabalho, falo e falo e parece que ninguém ouve ou quer ouvir. Agora diga-me o que eu faço?

    ResponderExcluir
  6. Me identifiquei muito! Faz todo o sentido!!!

    ResponderExcluir
  7. Parece que algumas pessoas se identificaram com a descrição que você deu. Vou apontar esse conteúdo em nossa página e ver que retorno dá. Muito bacana seu texto. PArabéns.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, é isto mesmo que sinto, uma pena que ainda não aprendi a lidar com a atitude de uma determinada pessoa. Vou ficar atenta e me livrar da sinusite definitivamente.obrigada

    ResponderExcluir
  9. Perfeito! Resolvi pesquisar porque "coincidentemente" comecei a ter sinusite depois de uma decepção com um amigo muito próximo. Não deu outra, estava certa que tinha algo a ver...

    ResponderExcluir