Translate

Pesquisar este blog

domingo, 22 de dezembro de 2013

DOR CIÁTICA

DOR CIÁTICA 
Dramatizar o futuro com base nos incidentes atuais. 





 A dor ciática irradia das costas, passa pelas nádegas e estende-se pela lateral das pernas, atingindo a região inferior delas e dos pés. 
 Na esfera metafísica, esse sintoma reflete o abalo da pessoa em relação à ocorrências ruins; principalmente, em se tratando da família ou do trabalho. Revela a proporção dos “ferimentos” emocionais, causados pelos eventos desagradáveis do cotidiano. 
 Os problemas absorvem-na a ponto de não conseguir fluir bem nas outras atividades. 
Dedica-se obsessivamente aos acontecimentos perturbadores, a tal ponto que contamina os demais setores da vida. A pessoa fica tão mal, que não consegue desempenhar bem as outras tarefas. Essa atitude contamina também suas perspectivas futuras.

As dificuldades atuais repercutem negativamente na concepção do amanhã. A pessoa passa a temer o futuro em virtude das instabilidades momentâneas. Certos acontecimentos afetam o 
conceito acerca do destino, tais como desentendimentos afetivos, complicações com filhos; principalmente a falta de dinheiro. 
 Quando a pessoa tem a estabilidade financeira ela considera o amanhã promissor. Sente-se mais segura por ter recursos econômicos para suprir ou minimizar uma série de eventualidades. Mas a falta de condições materiais tende a causar inseguranças em relação ao futuro. 
 Para manter a estabilidade emocional nos momentos de turbulências existenciais, não convém fazer previsões. As expectativas são influenciadas pelas confusões. Olhar para o futuro, projetando os elementos ruins da atualidade, gera instabilidade e/ou temor. Isso piora ainda mais os desconfortos provocados pelas complicações atuais. Imaginar o aumento dos transtornos multiplica o sofrimento. 

 No transcorrer dos acontecimentos podem acontecer coisas que alteram o reflexo das situações atuais, principalmente se mudarmos o padrão vibracional e passarmos a conceber possibilidades melhores para o amanhã. Devemos confiar nos mecanismos existenciais. A qualquer momento, podemos ser surpreendidos com ocorrências positivas que redirecionam o curso da vida. 
Quando parece que tudo se encaminha para um desfecho impossivel de administrar, eventos inesperados podem mudar completamente as condições do meio. 

 Existem eventos que provocam verdadeiras revoluções na vida das pessoas. Podem ser tanto ocorrências boas como ruins, tais como o surgimento de uma pessoa especial; a separação de alguém, que de certa forma dificultava a convivência; até a morte de um integrante da família, ocasionando completa reviravolta no ambiente. 
 As ocorrências presentes, por mais desastrosas que pareçam, não definem as condições vindouras. Creia no sincronismo do Universo, que pode trazer soluções, mudando completamente o curso da sua história. 
 Para que isso possa acontecer, não dramatize os problemas. Inverta a maneira de olhar para o amanhã. Imagine a possibilidade de você estar a um passo da solução daquilo que o aflige no presente. Acredite num futuro promissor e numa vida farta, abundante. Isso poderá se tornar real, se você acreditar e agir para transformar a realidade. 





Metafísica da saúde vol. 4

10 comentários:

  1. Noooossa! Estou passando por isso, lamentável, há 3 semanas, realmente tenho preocupado bastante. Vivemos num país que não podemos esperar nada, tenho me indignado com fraudes, corrupção, violência em alta, greves, inflação, salário atrasado, saúde em estado caótico, sem médicos, equipamentos...falta tdo. Ninguém consegue melhorar. Não vejo resultados sobre corrupção, pois a maioria eleita pelo pelo povo. Isso é o maior estresse dos últimos anos.

    ResponderExcluir
  2. Noooossa! Estou passando por isso, lamentável, há 3 semanas, realmente tenho preocupado bastante. Vivemos num país que não podemos esperar nada, tenho me indignado com fraudes, corrupção, violência em alta, greves, inflação, salário atrasado, saúde em estado caótico, sem médicos, equipamentos...falta tdo. Ninguém consegue melhorar. Não vejo resultados sobre corrupção, pois a maioria eleita pelo pelo povo. Isso é o maior estresse dos últimos anos.

    ResponderExcluir
  3. Noooossa! Estou passando por isso, lamentável, há 3 semanas, realmente tenho preocupado bastante. Vivemos num país que não podemos esperar nada, tenho me indignado com fraudes, corrupção, violência em alta, greves, inflação, salário atrasado, saúde em estado caótico, sem médicos, equipamentos...falta tdo. Ninguém consegue melhorar. Não vejo resultados sobre corrupção, pois a maioria eleita pelo pelo povo. Isso é o maior estresse dos últimos anos.

    ResponderExcluir
  4. Noooossa! Estou passando por isso, lamentável, há 3 semanas, realmente tenho preocupado bastante. Vivemos num país que não podemos esperar nada, tenho me indignado com fraudes, corrupção, violência em alta, greves, inflação, salário atrasado, saúde em estado caótico, sem médicos, equipamentos...falta tdo. Ninguém consegue melhorar. Não vejo resultados sobre corrupção, pois a maioria eleita pelo pelo povo. Isso é o maior estresse dos últimos anos.

    ResponderExcluir
  5. Noooossa! sofrendo há um mês, já fui ao médico, tomei medicação e continuo ruim. Ao ler esse texto percebi que tdo que sinto está descrito aqui; perda de família, estresse, tristeza, insegurança em todos aspectos. Mesmo assim dá pra sentir uma dor em minha alma. Parabéns! Obrigada por revelar o que sinto. A situação de corrupção, injustiça, crise na saúde, educação no Brasil é responsável por tanta incerteza.

    ResponderExcluir
  6. a velhice, a partida (natural) dos filhos e o fato de ser separada e com uma pensão por aposentadoria que beira o salário mínimo, me fazem temer o futuro e estou a mais de dez dias em crise de dor ciática, o que nunca me aconteceu antes...preciso mudar minha forma de ver a vida

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir