Translate

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Ejaculação Precoce




A sexualidade masculina foi negligenciada há séculos, pois a antiga educação greco-romana é que prevalecia nas famílias. O homem foi preparado para a guerra e não para amar e disso resultaram comportamentos animalescos e instintivos em boa parte da população masculina. As próprias mães foram educadas a soltar seus filhos homens para o mundo e segurar as filhas mulheres para elas não ser objetivo de caça  de outros homens que as mães também liberaram para a sexualidade. O pai acreditava que iniciando seu filho num prostíbulo  ou logo cedo com uma mulher mais velha, ele  se tornaria  um verdadeiro homem. Porém, as conseqüências negativas foram predominantes pois produziam em todas as gerações  homens que são sabiam conquistar uma mulher para casar a não ser pelo sexo e muitas mulheres até hoje não se sentem amadas pelos seus maridos ou namorados. Elas se sentem apenas usadas sexualmente e os homens não compreendem que eles não conhecem as necessidades de uma mulher, julgando-as hipersensíveis, frígidas, neuróticas e instáveis na sexualidade. O homem que aprendeu a lidar mulher, mesmo assim terá de lutar internamente para eliminar de si mesmo as tendências a correr para o colo da mãe ou para os braços de outra mulher quando se sente sozinho e desamparado.
Fisiologicamente, o sistema límbico ( área do cérebro responsável pelas emoções) masculino é mais desenvolvido no sentido de interpretar corretamente seus sentimentos através do neo-cortex. Sabemos com isso que é o homem que ama e não a mulher. Essa afirmação já causou muita indignação nas mulheres que me ouviram, mas elas precisam saber que são mais hormonais do que amorosas e necessitam trabalhar-se internamente para alcançar o amor dos homens e eles devem voltar a sentir o amor que lhes cabe, eliminando as sombras da educação medieval que tiveram.
A ejaculação precoce é um resquício dessa educação grega, na qual a mulher não era importante, somente o prazer do homem. Com o tempo houve agravante da mudança educacional e dos sentimentos de culpa das mães que se tornaram “amantes” dos seus filhos homens, causando neles a dependência emocional  delas e o complexo de Édipo (fase de desenvolvimento das crianças). Ao homem  que não consegue segurar sua ejaculação  falta preocupação com o prazer da sua parceira, pois seu inconsciente não considera sua mulher e sim sua mãe. Então ao ter uma relação sexual, seu instinto o obriga a terminar logo, pois se sente transando com sua mãe, mesmo sem ter consciência disso.
Muitos homens procuram sexólogos que lhes ensinam certos exercícios de auto -controle durante  a relação e também exercícios com a masturbação
Porém, se o homem não se tratar psicologicamente o problema mal resolvido, com sua mãe,  irmã ou avó não sentirá amor profundo pela parceira e não conseguirá vencer a ansiedade de acabar tudo rapidamente . Vários homens têm boa vontade e procuram os  psicanalistas para se tratarem e passam muitos meses “ batendo na mesma tecla”. A mãe. Entretanto, a mãe verdadeira é aquela que criou e ficou o tempo todo perto do menino em todas as fases. Será que o inconsciente  está acreditando que sua mãe foi sua irmã ou outra mulher?
Em suas terapias aborde com seu terapeuta as mulheres que foram mais próximas da sua educação  e talvez você descubra que sua  família tinha vários papeis trocados  no subconsciente: o pai”casado” com a filha e com ciúmes dos namorados dela, a mãe”casada com o filho e com ciúmes das namoradas dele e até o irmão “casado” com a irmã ou considerando mãe.
Ejacular não é  muito importante num relacionamento, pois a energia corporal diminui em cada ejaculação. Os tratamentos tântricos ensinam que segurar o orgasmo ou ejaculação por muito tempo gera energia vital a saúde física e psíquica .Na Índia, a sexualidade é sagrada e os parceiros sabem empiricamente que não devem chegar ao clímax quase nunca nas relações. Eles aprendem a usar a energia dos chakras e das polaridades para o contato com o divino e para a restauração das células do DNA. Os ocidentais ainda tem muito que aprender sobre o verdadeiro sexo, pois pensam que é só introduzir e gozar. O sexo sem amor desgasta a vida e libera radicais livres (substância tóxicas) no sangue, acelerando o envelhecimento, mais fazer amor sem pressa, sem ansiedade, com  ternura no olhar e no toque, sem necessitar ejacular gera energia vital e promove rejuvenescimento e a felicidade a dois.
Todo o casal deve aprender a conversar sobre seus problemas e dificuldades sexuais, pois são raras as pessoas que não têm algum distúrbio físico ou psicológico em relação ao corpo e ao sexo. Quebre o orgulho e procure ajuda dos psicólogos, faça a oração do perdão para sua mãe ou para quem seu inconsciente considera sua mãe, durante seis meses sem questionar e sem ninguém saber, tenho certeza que a ejaculação precoce irá desaparecer devido a onda de amor e paz que inundará em seu coração.
Pratique meditação e busque sempre a serenidade no seu coração para que, em todos os momentos da sua vida, você consiga ser sensato, calmo e generoso com todas as pessoas, principalmente com a parceira ao lado de quem você deseja ser feliz.
  • Texto do Livro Linguagem do Corpo ( A Cura pelo Amor) de
Cristina Cairo

Um comentário:

  1. Sei bem o que é isso, eu fiquei nessa situação durante dois meses, minha vida começou a ficar uma merda e minha esposa quase acaba o casamento comigo foi foda!!! eu não conseguia dar prazer a ela eu sai doido procurando na net testei varias coisas e nada funcionou a unica coisa que ta me ajudando agora é o programa Excitação Alpha com o Curso Turbine sua excitação em 60 dias, eu já tenho 15 dias fazendo e já sinto diferença o link ta ai http://bit.ly/EATurbineSuaExcitacaoEm60dias

    Sucesso para você meu amigo!

    ResponderExcluir